Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Dayanne Mendonça Maglione (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 03/09/2013

Localização: Guarulhos (SP)

Data de Nascimento: 00/00/1986 (27 anos)

Data de Falecimento: 03/09/2013

Sexo: Feminino Feminino
 
Dayanne Mendonça Maglione, de 27 anos, foi encontrada morta em sua casa, na manhã de 03 de setembro de 2013, na Rua Iraucuba, no Jardim Ottawa, em Guarulhos-SP.
 
A jovem foi achada nua, em cima da cama da casa onde morava sozinha. Tinha sinais de estrangulamento e dois cortes de faca no pescoço.
 
Dayanne tinha acabado de trocar de emprego. Ela era auxiliar de cobrança na empresa JL Assessoria Empresarial. Fazia trabalho de telemarketing.
 
O corpo de Dayanne foi encontrado na cama, sem roupa, com manchas roxas nos pulsos e dois cortes de faca.
Um dos cortes foi superficial, e o outro, mais profundo, ambos no lado direito do pescoço.
 
A polícia informou que Daynne foi estrangulada, mas ainda não sabe se foi estuprada. No local, não havia manchas de sêmen. A polícia acha que o autor do crime seria conhecido da vítima. Não havia sinais de arrombamento na casa, e nada aparentemente foi roubado.
 
O corpo de Dayanne foi achado por uma amiga, que dava carona para ela. A colega estranhou o atraso. Bateu na porta e esperou. Como não obteve resposta e notou a porta aberta, entrou na casa e achou Dayanne morta em cima da cama. Não havia mais ninguém na casa.
 
A Polícia Civil de Guarulhos ainda não tem pistas sobre o autor ou autores do crime.
 
Por Sandra Domingues, com informações do Diário de Guarulhos 

Dayanne Mendonça Maglione, de 27 anos, foi encontrada morta em sua casa, na manhã de 03 de setembro de 2013, na Rua Iraucuba, no Jardim Ottawa, em Guarulhos-SP.
 
A polícia informou que Daynne foi estrangulada, mas ainda não sabe se foi estuprada. No local, não havia manchas de sêmen. A polícia acha que o autor do crime seria conhecido da vítima. Não havia sinais de arrombamento na casa, e nada aparentemente foi roubado.
 
O corpo de Dayanne foi achado por uma amiga, que dava carona para ela. A colega estranhou o atraso. Bateu na porta e esperou. Como não obteve resposta e notou a porta aberta, entrou na casa e achou Dayanne morta em cima da cama. Não havia mais ninguém na casa.
 
A Polícia Civil de Guarulhos ainda não tem pistas sobre o autor ou autores do crime.
 
Por Sandra Domingues, com informações do Diário de Guarulhos 


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Saulo Batista Jansen Cínthia Lívia de Araújo Rosalvo Teixeira Bastos Paulo Jorge de Freitas Nicollas Maciel Franco Thiago da Costa Correia da Silva José Deilson de Oliveira Emília Celeste Lima Noronha Jácomo Lima Bonapace Cristiane Souza Leite Líbio Chaves Mendonça João Cláudio Cardoso Leal William Francis de Oliveira Morais Patrícia da Costa Pessanha Renan Rodrigues da Silva Josely Laurentina de Oliveira Rafael Mascarenhas Polyana Cristina de Castro Eugênio Bozola Alexandre de Lima Moraes Suzeli Regina Tortello Lopes
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS