Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Diego da Rosa Hammes (Latrocínio)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 11/07/2013

Localização: Pelotas (RS)

Data de Nascimento: 00/00/1986 (27 anos)

Data de Falecimento: 11/07/2013

Sexo: Masculino Masculino
 
Diego da Rosa Hammes, 27 anos, gerente de um posto de combustíveis, foi morto com um tiro no rosto na tarde de 11/07/2013 em Pelotas, no Rio Grande do Sul. 

Por volta de 17h os criminosos chegaram ao posto de gasolina em motocicletas roubadas. Eles renderam o frentista e invadiram a farmácia, a loja de conveniência e assaltaram até os clientes que abasteciam no local. Ao entrar no depósito do posto, um dos criminosos deparou-se com o gerente, que havia entrado no local para fugir do assalto. Segundo o delegado, o assaltante teria pensado que Hammes havia acionado o alarme da loja. Mesmo com a negativa, o homem atirou no rosto do funcionário do posto. Ele morreu na hora.
 
A Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Pelotas confirmou que capturou dois suspeitos de matar Diego da Rosa Hammes. Um dos suspeitos apresentou-se com um advogado na delegacia e confessou participação no assassinato. Pouco depois, policiais apreenderam um menor, que também fez parte do crime. Outros dois homens estão com prisão preventiva decretada e são considerados foragidos.
 
Por Sandra Domingues, com informações do Diário Popular e Zero Hora
Diego da Rosa Hammes, 27 anos, gerente de um posto de combustíveis, foi morto com um tiro no rosto na tarde de 11/07/2013 em Pelotas, no Rio Grande do Sul. 

Por volta de 17h os criminosos chegaram ao posto de gasolina em motocicletas roubadas. Eles renderam o frentista e invadiram a farmácia, a loja de conveniência e assaltaram até os clientes que abasteciam no local. Ao entrar no depósito do posto, um dos criminosos deparou-se com o gerente, que havia entrado no local para fugir do assalto. Segundo o delegado, o assaltante teria pensado que Hammes havia acionado o alarme da loja. Mesmo com a negativa, o homem atirou no rosto do funcionário do posto. Ele morreu na hora.
 
A Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Pelotas confirmou que capturou dois suspeitos de matar Diego da Rosa Hammes. Um dos suspeitos apresentou-se com um advogado na delegacia e confessou participação no assassinato. Pouco depois, policiais apreenderam um menor, que também fez parte do crime. Outros dois homens estão com prisão preventiva decretada e são considerados foragidos.
 
Por Sandra Domingues, com informações do Diário Popular e Zero Hora


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Igor Moraes da Silva Vinícius Cesarino Geovanna Pereira de Almeida Geisson Mauricio Negrello Luciene Neves Bruno Ernesto R. Morais Daniel Duque Pittman Tereza Maria Nogueira Cobra Yure da Silva Mello Ryan Alves Camargo Rodrigo Wanick Miranda Ferreira Vitor Gurman Luiz Henrique de Andrade Marcos José Aloise da Rocha Françoise Steffani Silva de Oliveira Márcia Valéria de Souza Francisco Gomes  Marcela Naiane Alves dos Santos Marcela da Silva Xavier Monique Oliveira Santos Briggida Rosely de Azevedo Lourenço  Anastácio Cassaro
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS