Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Emelly Ketlen Ferrari Campos (Desaparecimento)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 04/05/2013

Localização: Rio Pardo de Minas (MG)

Data de Nascimento: 19/05/2005 (12 anos)

Sexo: Feminino Feminino
 

Emelly Ketlen Ferrari Campos, de 7 anos, sumiu enquanto brincava na porta de casa, no dia 4 de maio de 2013, por volta das 17 horas, na avenida Padre Eurácio Giraldi, no bairro Cidade Alta em Minas Gerais. Ela possui Transtorno de Déficit de Atenção (T.D.H.). Os pais são separados e, no dia do sumiço, o pai havia deixado a menina na casa da ex-mulher por volta das 15 horas. Em seguida, viajou para a cidade de Taiobeiras, conforme relatou em depoimento à polícia. Desde então a menina não foi mais vista.  

Segundo informações da Polícia Civil, o caso está sendo tratado como sequestro e não como desaparecimento. Ainda segundo a PC, os policiais investigam a hipótese da menina ter sido vista na rodoviária de Montes Claros. A Polícia Civil ainda não sabe o destino, e se a menina estava acompanhada na rodoviária.

A Polícia Civil pede para as pessoas que puderem ajudar nas investigações com informações sobre o paradeiro da criança entre em contato pelo telefone: 0800-2828-197. A ligação é gratuita e não é preciso se identificar.

As investigações sobre o desaparecimento da menina Emilly Ketlen Ferrari praticamente descartam a possibilidade de relação com o tráfico de pessoas. A informação é do delegado Luiz Cláudio Freitas do Nascimento, responsável pelo caso. Segundo Nascimento, mais uma testemunha foi ouvida na terça-feira (28/05). Na próxima semana será realizada mais uma diligência em Rio Pardo de Minas, no Norte do Estado.
Sem dar detalhes, o delegado disse apenas que a probabilidade é de a menina esteja sendo mantida em cárcere privado.
 
Por Sandra Domingues, com informações do G1, Globo TV e o Tempo

Emelly Ketlen Ferrari Campos, de 7 anos, sumiu enquanto brincava na porta de casa, no dia 4 de maio de 2013, por volta das 17 horas, na avenida Padre Eurácio Giraldi, no bairro Cidade Alta em Minas Gerais. Ela possui Transtorno de Déficit de Atenção (T.D.H.). Os pais são separados e, no dia do sumiço, o pai havia deixado a menina na casa da ex-mulher por volta das 15 horas. Em seguida, viajou para a cidade de Taiobeiras, conforme relatou em depoimento à polícia. Desde então a menina não foi mais vista.  

Segundo informações da Polícia Civil, o caso está sendo tratado como sequestro e não como desaparecimento. Ainda segundo a PC, os policiais investigam a hipótese da menina ter sido vista na rodoviária de Montes Claros. A Polícia Civil ainda não sabe o destino, e se a menina estava acompanhada na rodoviária.

A Polícia Civil pede para as pessoas que puderem ajudar nas investigações com informações sobre o paradeiro da criança entre em contato pelo telefone: 0800-2828-197. A ligação é gratuita e não é preciso se identificar.

Por Sandra Domingues, com informações do G1, Globo TV e o Tempo



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Millena Freitas dos Santos Brunno Zimmermann Kirsch Gualter Damasceno Rocha Cíntia Cardoso Pinheiro Fábio Galhota Hugo Ronca Cavalcanti Paulo Jorge de Freitas Sérgio Luis Mendes Igor Leonardo Lacerda Xavier Gabriela de Souza Teixeira Lucas da Luz Alves Leonardo Batista Fernandes Fabrício Pinto da Costa Diniz Mariana da Silva Paranhos Renata de Cássia Yoshifusa Alana Ezequiel Luís Antonio Nunes Aceto Líbio Chaves Mendonça Carla Adrielle Botelho Melo Fernanda Tripodi Fabrício Krettli de Souza
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS