Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Fabrício Krettli de Souza (Latrocínio)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 11/12/2012

Localização: São Paulo (SP)

Data de Nascimento: 04/10/1990 (22 anos)

Data de Falecimento: 11/12/2012

Sexo: Masculino Masculino
 

Fabrício Krettli de Souza, de 22 anos, consultor comercial, foi morto a tiros na região da Cachoeirinha, zona norte de São Paulo. O crime ocorreu na noite de 11 de dezembro de 2012, em frente à pizzaria do pai da vítima, na Rua Joaquim Afonso de Sousa.

Fabrício conversava com amigos ao lado de seu veículo quando dois homens surgiram em outro carro. Um deles desceu, exibiu uma arma e anunciou o assalto, mas logo, sem qualquer reação das vítimas, atirou contra a cabeça de Fabrício.
 
O rapaz caiu no chão, onde foi baleado mais uma vez no peito pelo criminoso, que entrou no carro e fugiu com o comparsa, sem roubar nada. Fabrício chegou a ser levado para o pronto-socorro da Cachoeirinha, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
 
Apesar de formado em gastronomia, o rapaz trabalhava como consultor comercial em uma operadora de telefonia e vendia confecções em casa. Ele havia montado a pequena pizzaria para o pai. Amigos disseram que a atual namorada de Fabrício vinha recebendo ameaças de um ex-namorado.
 
O caso foi registrado no plantão do 13º Distrito Policial, da Casa Verde, onde será investigado. 
 
60 dias após o crime o caso continua sem ser solucionado e a família e amigos do jovem Fabricio organizam uma manifestação para clamarem por Justiça. A manifestação acontecerá no domingo, dia 17 de janeiro, às 10:00 no vão do Masp, Av. Paulista, em São Paulo. Os manifestantes estarão com camisas do Capitão América e fitas pretas na boca, em protesto à morosidade da polícia para elucidar o caso e prender os culpados.
 
Por Sandra Domingues, com informações do Jovem Pan Online 

Fabrício Krettli de Souza, de 22 anos, consultor comercial, foi morto a tiros na região da Cachoeirinha, zona norte de São Paulo. O crime ocorreu na noite de 11 de dezembro de 2012, em frente à pizzaria do pai da vítima, na Rua Joaquim Afonso de Sousa.

Fabrício conversava com amigos ao lado de seu veículo quando dois homens surgiram em outro carro. Um deles desceu, exibiu uma arma e anunciou o assalto, mas logo, sem qualquer reação das vítimas, atirou contra a cabeça de Fabrício.
 
O rapaz caiu no chão, onde foi baleado mais uma vez no peito pelo criminoso, que entrou no carro e fugiu com o comparsa, sem roubar nada. Fabrício chegou a ser levado para o pronto-socorro da Cachoeirinha, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
 
Apesar de formado em gastronomia, o rapaz trabalhava como consultor comercial em uma operadora de telefonia e vendia confecções em casa. Ele havia montado a pequena pizzaria para o pai. Amigos disseram que a atual namorada de Fabrício vinha recebendo ameaças de um ex-namorado.
 
O caso foi registrado no plantão do 13º Distrito Policial, da Casa Verde, onde será investigado. 
 
Por Sandra Domingues, com informações do Jovem Pan Online 


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Araceli Cabrera Crespo Waimasse de Magalhães Tavares Hélio Barreira Ribeiro  Ricardo Prudente de Aquino Luciana Barreto Montanhana Alexandre dos Santos Antônio Marcos Alves de Oliveira Alexandre Pereira Pinto Almeida Eveline Moreti Soares Geovanna Pereira de Almeida Júnia Aparecida da Silva Polyana Cristina de Castro Maria Eduarda Dourado Lacerda João Felipe Eiras Santana Bichara André da Rocha Bicca Marielma de Jesus Sampaio Enedith Monteiro de Brito André Luiz Lemos da Costa Jhony Azeredo da Silva Coutinho  Fabiana Aparecida de Souza Janinha Pereira de Freitas
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS