Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Fernanda Ellen Miranda Cabral de Oliveira (Latrocínio)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 07/01/2013

Localização: João Pessoa (PB)

Data de Nascimento: 00/00/2001 (16 anos)

Sexo: Feminino Feminino
 

A estudante Fernanda Ellen Miranda Cabral de Oliveira, de 11 anos, desapareceu na tarde de 07 de janeiro de 2013, no Alto do Mateus, em João Pessoa-PB.

A delegada Joana Darc, que investiga o caso disse não ter ainda pistas do paradeiro de Fernanda Ellen Miranda Cabral de Oliveira. A menina foi vista pela última vez na tarde da segunda-feira (7) na saída da escola que estudava, no bairro Alto do Mateus.

A família da garota seguia buscas paralelas à polícia. Eles fizeram cartazes com a foto da garota e espalharam por toda a cidade.

De acordo com o sargento Heriberto Farias, da Unidade de Polícia Solidária do bairro Alto do Mateus, a polícia já recebeu mais de 50 ligações informando o possível paradeiro da garota. Segundo o sargento, as informações  não são tratadas como trote. “Não são trotes, são pessoas que acham que realmente viram a menina, com base nas características físicas e trajes dela”, explicou o sargento.
 
“A gente acredita que ela tenha tomado algum produto alucinógeno e está atordoada. Por isso ela não consegue chegar em casa. Teve gente que disse que que viu a menina na rua e comprou lanche para ela. Essa pessoa contou que a garota estava meio atordoada. Outras disseram que viram a menina entrando em um prédio e que ela parecia meio perdida”, disse.
 
A polícia disse que a família da garota contou que ela era uma menina caseira. “Conhecemos Fernanda. Ela é uma menina muito caseira, não tem costume de sair de casa sem avisar. A escola em que ela estuda é bem perto da casa dela, a menos de dois quarteirões. Conversamos com o pessoal da escola, o vigia falou que viu ela comemorando a aprovação e saindo do colégio, ele disse ainda que avisou para que ela tivesse cuidado no retorno”, relatou Maria da Penha, que é tia da garota.
 
Desde as 16h30 da segunda-feira (7), equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros trabalhavam em busca da garota. “A gente não perde a esperança de encontrar ela com vida”, disse o sargento.
 
Um delegado da Polícia Civil foi designado em caráter especial para dar continuidade ao desaparecimento da menina Fernanda Hellen Cabral. Aldrovilli Grisi Dantas foi escolhido pelo secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, e vai substituir a delegada Joana D'Arc Sampaio Nunes, titular da Delegacia de Crimes contra a Infância e Juventude de João Pessoa.
 
Após escavações realizadas no início da noite de 08/04/2013, um corpo foi encontrado enterrado na residência de Jeferson Luiz de Oliveira, 25 anos, vizinho dos familiares de Fernanda Ellen no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa. De acordo com o comandante da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, não há dúvidas de que os restos mortais são da menina.
 
"A gente acredita que ele tenha abordado Fernanda na rua e atraído até sua casa", comentou o comandante. 
 
Peritos do Instituto de Medicina Legal (IML) foram acionados à localidade e um exame de DNA será realizado e terá o resultado divulgado em um prazo de 10 dias. 
 
A Polícia Civil prendeu no final da tarde desta segunda-feira (08), o vizinho suspeito de ter envolvimento no sumiço da adolescente. Ele foi reconhecido pela jovem que havia recebido o celular da garota, em uma casa de prostituição da Rua da Areia no Centro de João Pessoa.
 
A informação foi confirmada ao Portal Correio, pelo tio de Fernanda, Wellington Cabral de Oliveira. Ele revelou que a polícia foi acionada pela própria família ao perceber a semelhança do suspeito com o retrato falado descrito pela prostituta. “Ele é nosso vizinho, mora colado a casa onde minha sobrinha morava com os pais. Ultimamente ele andava estranho e pedimos para a polícia averiguar isso".
 
Em março, a Polícia conseguiu rastrear e encontrar o telefone de Fernanda Ellen com uma prostituta que trocou o aparelho por pedras de crack e sexo na Rua da Areia. Na época, ela fez um retrato falado do suspeito.
Por volta das 17h30 de segunda-feira (08), a garota de programa foi até o bairro Alto do Mateus e reconheceu o suspeito como responsável por tê-la entregado o aparelho celular da vítima desaparecida. Após abordagem da Polícia Civil, o homem ainda tentou fugir pulando o muro, no entanto foi alcançado pelas autoridades policiais.Jeferson segue sob a guarda do Grupo de Operações Especiais (GOE).
 
Jeferson Luiz de Oliveira, assassino da pequena Fernanda Hellen, foi condenado no dia 02 de setembro de 2013, a 31 anos de prisão, sendo 29 por latrocínio (crime hediondo) e 2 por ocultação de cadáver. 
 

Por Sandra Domingues, com informações do G1, PB News e Portal do Correio

A estudante Fernanda Ellen Miranda Cabral de Oliveira, de 11 anos, desapareceu na tarde de 07 de janeiro de 2013, no Alto do Mateus, em João Pessoa-PB.

Após escavações realizadas no início da noite de 08/04/2013, um corpo foi encontrado enterrado na residência de Jeferson Luiz de Oliveira, 25 anos, vizinho dos familiares de Fernanda Ellen no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa. De acordo com o comandante da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, não há dúvidas de que os restos mortais são da menina.

"A gente acredita que ele tenha abordado Fernanda na rua e atraído até sua casa", comentou o comandante. 
 
Peritos do Instituto de Medicina Legal (IML) foram acionados à localidade e um exame de DNA será realizado e terá o resultado divulgado em um prazo de 10 dias. 
 
A Polícia Civil prendeu no final da tarde desta segunda-feira (08), o vizinho suspeito de ter envolvimento no sumiço da adolescente. Ele foi reconhecido pela jovem que havia recebido o celular da garota, em uma casa de prostituição da Rua da Areia no Centro de João Pessoa.
 
A informação foi confirmada ao Portal Correio, pelo tio de Fernanda, Wellington Cabral de Oliveira. Ele revelou que a polícia foi acionada pela própria família ao perceber a semelhança do suspeito com o retrato falado descrito pela prostituta. “Ele é nosso vizinho, mora colado a casa onde minha sobrinha morava com os pais. Ultimamente ele andava estranho e pedimos para a polícia averiguar isso".
 
Em março, a Polícia conseguiu rastrear e encontrar o telefone de Fernanda Ellen com uma prostituta que trocou o aparelho por pedras de crack e sexo na Rua da Areia. Na época, ela fez um retrato falado do suspeito.
Por volta das 17h30 de segunda-feira (08), a garota de programa foi até o bairro Alto do Mateus e reconheceu o suspeito como responsável por tê-la entregado o aparelho celular da vítima desaparecida. Após abordagem da Polícia Civil, o homem ainda tentou fugir pulando o muro, no entanto foi alcançado pelas autoridades policiais.Jeferson segue sob a guarda do Grupo de Operações Especiais (GOE).
 
Jeferson Luiz de Oliveira, assassino da pequena Fernanda Hellen, foi condenado no dia 02 de setembro de 2013, a 31 anos de prisão, sendo 29 por latrocínio (crime hediondo) e 2 por ocultação de cadáver. 

Por Sandra Domingues, com informações do G1, PB News e Portal do Correio



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Célia em 02/05/2013 11:37
Depois de três meses de angustia e busca constante da menina Fernanda Ellen familiares e sociedade Paraibana tem uma triste noticia,"a vida de Fernanda teria sido trocada por quatro pedras de crack”.Paraiba de LUTO.

Líbio Chaves Mendonça Maria Tatiana Barros de Oliveira José Deilson de Oliveira Mayara Rasmussen Rozana da Silva Nascimento Jéssica Phillip Giusti Rodrigo Vale Fonseca Carla Vicentini Estefani Vitoria Rochinski Mário Sérgio Gabardo Sabrina Silvestre Fontão Ademilson Candido Joemir Lucimar Rubio Patrícia Gonçalves Marinho Maria Vitória Oliveira de Souza Henrique Barbosa da Silva Marcelo Vidal Leite Ribeiro Bruno Abner Pereira Rodrigues Galdino Jesus dos Santos Joana Xavier de Souza Lisboa Maria Aparecida Fausta Ribeiro Silva
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS