Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Renata Melo do Amaral (Latrocínio)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 01/11/2012

Localização: Curitiba (PR)

Data de Nascimento: 00/00/1976 (36 anos)

Data de Falecimento: 01/11/2012

Sexo: Feminino Feminino
 

Renata Melo do Amaral, 36 anos, foi morta com um tiro na cabeça, com o filho de 3 anos no colo.

O crime aconteceu na manhã de quinta-feira (01/11/2012), na Rua Fernando de Noronha, em Curitiba-PR, quando fazia compras em um brechó. Ela teria reagido ao roubo e mordeu a mão de um dos assaltantes.
 
De acordo com testemunhas, dois marginais deram voz de assalto e queriam a chave do carro da vítima. Renata segurava o filho, de 3 anos, no colo, quando foi morta. A dupla fugiu a pé, sem levar nada.
 
O delegado Guilherme Rangel, da especializada em Furtos e Roubos, afirmou que o carro de Renata havia sido roubado há 12 dias, na Avenida Nossa Senhora do Nazaré, no Boa Vista e foi recuperado na quarta-feira (31) pela Delegacia de Quatro Barras.
 
Segundo Rangel, existe a possibilidade de que os homens que atiraram na mulher sejam os mesmos que roubaram o veículo anteriormente. “Encontramos um rádio transmissor e comprovantes de compras no veículo. Pode ser que eles tenham retornado para buscar essas coisas”, afirmou o delegado.
 
O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso é investigado pela delegacia de Furtos e Roubos.
 
A delegacia de Quatro Barras informou que o carro foi vistoriado antes de ser entregue para a proprietária e que o rádio transmissor e os comprovantes de compra não estavam no interior do veículo na quarta-feira.
 
Por Sandra Domingues com informações do Gazeta do Povo

Renata Melo do Amaral, 36 anos, foi morta com um tiro na cabeça, com o filho de 3 anos no colo.

O crime aconteceu na manhã de quinta-feira (01/11/2012), na Rua Fernando de Noronha, em Curitiba-PR, quando fazia compras em um brechó. Ela teria reagido ao roubo e mordeu a mão de um dos assaltantes.
 
De acordo com testemunhas, dois marginais deram voz de assalto e queriam a chave do carro da vítima. Renata segurava o filho, de 3 anos, no colo, quando foi morta. A dupla fugiu a pé, sem levar nada.
 
O veículo Astra da Renata já havia sido roubado há duas semanas, na Avenida Nossa Senhora do Nazaré, no Boa Vista. O carro foi encontrado ontem pela polícia, em Quatro Barras.
 
O caso é investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos. 
 
Por Sandra Domingues com informações do Gazeta do Povo


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Monique Valéria de Miranda Roberto Pires de Jesus Rodrigo Vieira José Renato Coelho Rodrigues André Martins Gonçalves Raíssa Tainara Rosa de Lima Marcela Aragão Alessandra Mendes Rafaella Morais de Souza Fabian Ernesto Rubilar Renan Fogaça Alípio Ives Yossiaki Ota Daniel Pellegrine Ana Clara Cunha da Mata Olival Felix Possidonio Henrique Barbosa da Silva Rose Inês Moreira Maria Eduarda Dourado Lacerda Murilo Rezende da Silva Aryane Thaís Carneiro de Azevedo Raimundo Nonato Bezerra
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS