Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Gabriela Correia da Silva (Trânsito)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 20/08/2011

Localização: Niterói (RJ)

Data de Nascimento: 00/00/1990 (21 anos)

Data de Falecimento: 20/08/2011

Sexo: Feminino Feminino
 

Gabriela Correia da Silva, de 21 anos, morreu atropelada ao cair de uma moto Honda Fan 125 preta, sem placa, pilotada por Leonardo Chaves, de 23 anos, que ainda carregava outra jovem na garupa. O acidente aconteceu por volta de 7 h, do dia 20 de agosto de 2011, entre a Praça Renascença e a Avenida Jansen de Mello, no Centro de Niterói.

Testemunhas afirmaram que Leonardo teria avançado o sinal em frente ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e, ao ultrapassar um carro, se desequilibrou, causando a queda de Gabriela, que era a segunda carona. Ao cair, Gabriela, que fez aniversário no último dia 17, foi atropelada por um ônibus da Auto Viação Ingá. 
 
Pessoas que estavam no local afirmaram que Leonardo Chaves, morador do Caramujo, estava indo levar as duas jovens para o bairro da Engenhoca, onde ambas moravam. A polícia informou que ele não tinha habilitação e havia apanhado a moto emprestada com um amigo para ir à uma festa no Viradouro.
 
Na saída da festa, ele teria dado carona às duas jovens. Isadora Braga Bezerra, de 20 anos, a outra garupa da moto, sofreu um pequeno ferimento no joelho e foi medicada no Hospital Estadual Azevedo Lima, e depois liberada.

Gabriela Correia da Silva, de 21 anos, morreu atropelada ao cair de uma moto Honda Fan 125 preta, sem placa, pilotada por Leonardo Chaves, de 23 anos, que ainda carregava outra jovem na garupa. O acidente aconteceu por volta de 7 h, do dia 20 de agosto de 2011, entre a Praça Renascença e a Avenida Jansen de Mello, no Centro de Niterói.

Testemunhas afirmaram que Leonardo teria avançado o sinal em frente ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e, ao ultrapassar um carro, se desequilibrou, causando a queda de Gabriela, que era a segunda carona. Ao cair, Gabriela, que fez aniversário no último dia 17, foi atropelada por um ônibus da Auto Viação Ingá. 

Pessoas que estavam no local afirmaram que Leonardo Chaves, morador do Caramujo, estava indo levar as duas jovens para o bairro da Engenhoca, onde ambas moravam. A polícia informou que ele não tinha habilitação e havia apanhado a moto emprestada com um amigo para ir à uma festa no Viradouro.
 
Na saída da festa, ele teria dado carona às duas jovens. Isadora Braga Bezerra, de 20 anos, a outra garupa da moto, sofreu um pequeno ferimento no joelho e foi medicada no Hospital Estadual Azevedo Lima, e depois liberada.


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Jácomo Lima Bonapace Amanda Correia Jéssica Laís da Silva Barbosa Tiago da Silva Prado André Luis Gusmão de Almeida Henrique dos Santos Silva Caíque Müller de Oliveira Santana Gabrielli Cristina Eichholz Rodrigo Wanick Miranda Ferreira Eduardo Jesus Ferreira Vírgilio Augusto de Jesus Maria Cláudia Siqueira Del’Isola  Fátima de Lourdes Lopes Correia Lima Vinicius Maia Carvalho Pedro Davison Rodrigo Lopes de Marcelos Simone de Campos Gomes Meira Fernandes Carlos Antonio de Paula Vanessa Maria de Oliveira Ana Luíza Santos Julio César Pinto Lima
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS