Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

William dos Santos (Latrocínio)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 11/11/2010

Localização: Jacarepaguá (RJ)

Data de Nascimento: 00/00/1986 (24 anos)

Data de Falecimento: 11/11/2010

Sexo: Masculino Masculino
 

O policial militar, William dos Santos, de 24 anos,  foi baleado, com um tiro na testa, na frente da mulher grávida numa tentativa de assalto, no Rio de Janeiro, em 11 de novembro de 2010. Os bandidos teriam disparado porque a vítima estava de farda. O PM foi internado em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos.

O crime ocorreu às 6h30, na praça seca, zona oeste do Rio. O policial estava de carro e tinha acabado de sair do batalhão, onde servia na baixada fluminense. Ele ia para casa buscar a mulher e levá-la para o trabalho, quando foi surpreendido pelos bandidos.
 
Testemunhas contaram que vários homens armados chegaram em uma kombi e que eles vieram assaltar o policial, mas quando o viram com a farda, começaram a atirar. Quatro disparos atingiram o carro. Um deles entrou na coluna e ficou preso na lataria. 
 
No banco do carona, estava sentada a mulher do PM que está grávida de seis meses e por muito pouco não foi atingida. Willian foi socorrido por parentes que ouviram o grito desesperado da mulher.

Willian tinha entrado há 3 meses para a corporação.

O policial militar, William dos Santos, de 24 anos,  foi baleado, com um tiro na testa, na frente da mulher grávida numa tentativa de assalto, no Rio de Janeiro, em 11 de novembro de 2010. Os bandidos teriam disparado porque a vítima estava de farda. O PM foi internado em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos.

O crime ocorreu às 6h30, na praça seca, zona oeste do Rio. O policial estava de carro e tinha acabado de sair do batalhão, onde servia na baixada fluminense. Ele ia para casa buscar a mulher e levá-la para o trabalho, quando foi surpreendido pelos bandidos.
 
Willian tinha entrado há 3 meses para a corporação.


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Sandra Domingues em 03/10/2012 13:53
Vivi, agradeço a sua contribuição ao memorial, porém, alguns casos que vc tem cadastrado estão com as fotos trocadas...e muitos, inclusive, repetidos, casos que já estão publicados no memorial. Peço-lhe que por favor ao cadastrar novos casos verifique se o mesmo já não está no memorial e quanto a foto, precisamos ter cuidado para não postarmos fotos que não sejam da pessoa relacionada ao fato. Por favor, me mande por e-mail a foto do Willian: srsdomingues@terra.com.br


Vivi em 03/10/2012 09:15
falta a foto eu conhecia o William e enviei a foto

Wanderson Lucio Amaral Priscila Machado Simão Aracy Mendonça Da Silva Leopardi Daniel Henrique de Souza Rezende Galdino Jesus dos Santos Angelito Barros Correia de Mello Rafael Fernandes de Oliveira Flávia Anay de Lima Edno Mega Gabrielly Caroline Dias Rocha Vicente Yassuti Nakamatsu José Edmilson Costa dos Reis Grace Kelly da Silva Gabriela Colnago de Castro Caiado Beatriz da Silva Costa Mariana Valente Viveiros de Paula Evaldo José Nalin Diego Gonçalves Carvalho Suênia Souza Faria Geísa Firmo Gonçalves Erica Almeida Marques
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS