Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Vanessa Ferreira Carobene (Latrocínio)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 29/09/2012

Localização: São Paulo (SP)

Data de Nascimento: 00/00/1991 (21 anos)

Data de Falecimento: 29/09/2012

Sexo: Feminino Feminino
 

A universitária Vanessa Ferreira Carobene, de 21 anos, foi morta durante tentativa de assalto na porta de sua casa, na Rua Dalton, Alto da Lapa, Zona Oeste, às 21h de 29 de setembro de 2012. Ela havia acabado de entrar no carro do namorado, o estudante de engenharia Rafael Muniz Davanço Fontes, 22, quando cinco homens se aproximaram.

Os ladrões sequer chegaram a anunciar o roubo. Alertado pela garota sobre a presença de um grupo estranho no local, Rafael arrancou e um deles atirou.
 
“A intenção era acertar a cabeça do Rafael. Isso fica claro pela perfuração no vidro do carro. A bala passou de raspão pelo rosto dele e atingiu a Vanessa no abdômen”, conta o pai do rapaz, Rogério Davanço Fontes. Segundo ele, tudo aconteceu tão rápido que seu filho nem chegou a ver o rosto dos criminosos. “Só ela viu.”
 
Assustado, Rafael dirigiu até uma base da Polícia Militar que fica nas proximidades, onde pediu ajuda para socorrer a namorada. Vanessa morreu a caminho do pronto-socorro.
 
Rafael e Vanessa namoravam desde 20 de julho de 2009 e, segundo o pai do rapaz, um vivia em função do outro. “Eles não gostavam de sair. Todos os finais de semana a Vanessa ficava com ele em nossa casa. Eles alugavam filme, cozinhavam e se divertiam por aqui. No momento do crime ele estava justamente indo buscá-la”, diz.
 
Vanessa estudava administração na Faculdade Anhembi/Morumbi e trabalhava como escriturária. “Eles não mataram só a Vanessa. Eles destruíram a vida de várias pessoas”, diz o pai do rapaz, desolado. 
 
Por Sandra Domingues, com informações do Diário de SP e Folha de São Paulo

Gilberto Carobene abraça a mulher durante o enterro da filha, Vanessa Ferreira Carobene

A universitária Vanessa Ferreira Carobene, de 21 anos, foi morta durante tentativa de assalto na porta de sua casa, na Rua Dalton, Alto da Lapa, Zona Oeste, às 21h de 29 de setembro de 2012. Ela havia acabado de entrar no carro do namorado, o estudante de engenharia Rafael Muniz Davanço Fontes, 22, quando cinco homens se aproximaram.

A família de Vanessa conta que a estudante iria jantar com o namorado, que estacionou um Citroën C3 na frente da casa dela, na rua Dalton. Vanessa suspeitou de dois homens que se aproximavam.
 
Os vidros do carro do namorado de Vanessa, com películas escuras, estavam fechados. De acordo com a família, o jovem, de 22 anos, se preparava para sair quando um dos suspeitos atirou.
 
Um vigia noturno viu a ação dos criminosos e disse aos policiais que havia mais três homens. A polícia procura por câmeras que possam ter gravado o crime.
 
Por Sandra Domingues, com informações do Diário de SP e Folha de São Paulo
 


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





José Renato Coelho Rodrigues  Ketlin Bortoloso Rodrigo Macedo Silva Paulo Veronesi Pavesi Maria Vitória Oliveira de Souza Ledenir Clóvis Valente Júnior Daniel da Silva Ferreira Pinheiro Natália Marina De Carli Rosilene Maria da Silva Márcio Costa Edison Tsung Chi Hsueh Raimundo Nonato Bezerra Rosimere Aparecida Soares Rodolfo Gigante Iannuzzi Débora Regina Leme dos Santos Ana Carolina Domingos Cassino Evandro Pinto Ribeiro  Pedro Lucas Barreto da Conceição Flávia Anay de Lima Bruna Giovana De Siqueira Fontoura Shara Ruana Reis
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS