Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Alini Gama de Oliveira (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 21/09/2012

Localização: Campo Grande, Cariacica (ES)

Data de Nascimento: 00/00/1991 (21 anos)

Data de Falecimento: 21/09/2012

Sexo: Feminino Feminino
 

Alini Gama de Oliveira, de 21 anos, foi assassinada a tiros pelo caminhoneiro David Corrêa, na manhã de 21 de setembro de 2012, em Cariacica, no Espírito Santo. David é namorado de uma candidata derrotada por Alini e confessou ter matado a vítima, pois a companheira ficou deprimida ao perder o concurso para a rival.

“Não queria matar essa menina, não. Eu nem a conhecia. Queria só queria dar um susto. Eu sou uma pessoa trabalhadora”, disse o assassino confesso à TV Gazeta do ES. 
 
Segundo o delegado responsável pela prisão, Adroaldo Lopes, o criminoso esperava que, com a morte de Alini, sua namorada fosse chamada para substituí-la na gravação do clipe, que estava marcada para ontem e foi cancelada.
 
A namorada de David também foi conduzida para a DHPM e prestou depoimento. Ela alegou que não sabia dos planos do namorado e foi liberada. “Inicialmente, ela desconhecia os planos dele, mas temos ainda 10 dias para enviar o inquérito à Justiça e nesse tempo vamos averiguar se realmente era isso”, informou Adroaldo Lopes.
 
O caminhoneiro contou à polícia que acreditava que a vítima não tivesse morrido e após o crime, jogou a arma dentro de um córrego, no mesmo município. Os policiais apreenderam uma moto vermelha usada pelo suspeito para cometer o assassinato.
 
O delegado Adroaldo Lopes, explicou que rastreou as ligações que David fez para a dançarina. “Ele entrou na página dela em uma rede social e pegou os contatos. Ligou e disse que queria marcar um show”, explicou. O caminhoneiro foi encontrado pela polícia na casa da namorada, em Cariacica. Ele foi levado para o Centro de Triagem de Viana, na região Metropolitana do estado.
 
Após a morte, amigos e desconhecidos mostraram revolta deixando recados no perfil de Alini e pedindo punição rigorosa ao assassino. 
 
Por Sandra Domingues, com informações do G1 e ES

A dançarina Alini Gama de Oliveira, de 21 anos, também trabalhava como modelo fotográfica no Espírito Santo (Foto: Arquivo familiar)

Alini Gama de Oliveira, de 21 anos foi assassinada a tiros pelo caminhoneiro David Corrêa, na manhã de 21 de setembro de 2012, em Cariacica, no Espírito Santo. David é namorado de uma candidata derrotada por Alini e confessou ter matado a vítima, pois a companheira ficou deprimida ao perder o concurso para a rival.

“Não queria matar essa menina, não. Eu nem a conhecia. Queria só queria dar um susto. Eu sou uma pessoa trabalhadora”, disse o assassino confesso à TV Gazeta do ES. 
 
Segundo o delegado responsável pela prisão, Adroaldo Lopes, o criminoso esperava que, com a morte de Alini, sua namorada fosse chamada para substituí-la na gravação do clipe, que estava marcada para ontem e foi cancelada.
 
A namorada de David também foi conduzida para a DHPM e prestou depoimento. Ela alegou que não sabia dos planos do namorado e foi liberada. “Inicialmente, ela desconhecia os planos dele, mas temos ainda 10 dias para enviar o inquérito à Justiça e nesse tempo vamos averiguar se realmente era isso”, informou Adroaldo Lopes.
 
O caminhoneiro contou à polícia que acreditava que a vítima não tivesse morrido e após o crime, jogou a arma dentro de um córrego, no mesmo município. Os policiais apreenderam uma moto vermelha usada pelo suspeito para cometer o assassinato.
 
O delegado Adroaldo Lopes, explicou que rastreou as ligações que David fez para a dançarina. “Ele entrou na página dela em uma rede social e pegou os contatos. Ligou e disse que queria marcar um show”, explicou. O caminhoneiro foi encontrado pela polícia na casa da namorada, em Cariacica. Ele foi levado para o Centro de Triagem de Viana, na região Metropolitana do estado.
 
Por Sandra Domingues, com informações do G1 e ES
 


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Roseli Cardoso em 24/12/2012 19:51
gentte kd meu comentario sópq disse que os assassinos merecem 100 anos de cadeia sem fianca


Roseli Cardoso em 24/12/2012 18:42
Gente que moca linda tinha m futuro todo pela frente se nao fosse uma baranga cruzar seu caminho cheia de inveja e incapacitada de obter sucesso por conr=ta própria 100 anos de prisao sem direito a fianca é o que ele merecem

Renato Dobelin Aston Alisson da Silva Milena dos Santos Nascimento Gerlane Nascimento de Lima Ana Carolina Cópia Teixeira Kaio Lucas Garcia Negris Kamyle Vitória do Nascimento Adrielly dos Santos Vieira Renné Senna Bruno Gitahy Zagootho Ike Cézar Gonçalves Ana Carolina Pacheco da Silva Simone de Campos Gomes Meira Fernandes Silvia Maria Arnaut da Costa Mayra da Silva Paula Tamiris Araújo dos Santos José Cláudio Ribeiro da Silva Edson Roberto Domingues Flavio Chalamai dos Santos Cesar de Almeida Franco Tânia Maria Coelho Araújo
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS