Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Selma Heloísa Artigas da Silva (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 11/09/1998

Localização: Ribeirão Preto (SP)

Data de Nascimento: 00/00/1976 (22 anos)

Data de Falecimento: 11/09/1998

Sexo: Feminino Feminino
 

Selma Heloísa Artigas da Silva, de 22 anos,  foi amarrada a uma camioneta importada e arrastada durante uma hora, por dois quilômetros e meio. Parte do cérebro foi encontrado a 1.600 metros de distância do corpo. Um dos braços foi arrancado pelos impactos do arrasto. O legista ficou chocado: “em 20 anos de profissão, nunca vi um corpo tão desfigurado quanto esse”.

O crime aconteceu no dia 11 de setembro de 1998, na Av. Caramuru em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

Ao solicitar subscrição para que o crime não permanecesse impune, algumas pessoas abordadas hesitavam em assinar perguntando: “mas ela não era garota de programa?”, como se isso justificasse o crime. O duplo padrão moral é ainda o estofo sobre o qual se assentam os comportamentos. Pouco se falou que o assassino, Pablo Russel, já havia assassinado um vigia e permanecera impune. Quase não houve referência ao fato de que a vítima se encontrava grávida.
 
O júri popular do empresário acusado de matar e arrastar Selma Heloísa Artigas da Silva foi confirmado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) para as 10h do dia 17 de maio de 2012, no Fórum de Ribeirão Preto. O juiz que irá presidir o julgamento e proferir a sentença, segundo o TJ, é José Roberto Bernardi Liberal, da Vara do júri e execuções criminais de Araraquara, interior de São Paulo. O promotor de acusação é José Vicente Pinto Ferreira.
 
Pablo Russel Rocha é acusado de arrastar Selma Heloísa Artigas da Silva, conhecida como Nícole, por cerca de dois quilômetros na Avenida Caramuru. O MP pede a condenação do empresário por homicídio triplamente qualificado. Ele responde pelo crime em liberdade.
 
Sete representantes da sociedade civil da região irão compor o conselho de sentença, após serem escolhidos por meio de sorteio, de acordo com o TJ. Segundo um dos advogados que auxilia na denúncia do Ministério Público (MP), Hélio Rocha, quatro testemunhas de acusação estão confirmadas e outras foram citadas, porém não confirmadas.
 
O julgamento do réu poderá ser acompanhado pela população e caso ocorra superlotação serão distribuídas senhas. A mãe e a irmã da vítima vão assistir ao júri, de acordo com Hélio Rocha.
 
O advogado de defesa do empresário, Sergei Cobra Arbex, em fevereiro de 2012, informou à reportagem do G1 que o réu é inocente da acusação de assassinato e que a morte foi acidental.
 
O juiz José Roberto Bernardi Liberal cancelou o julgamento que estava marcado para o dia 17 de maio de 2012. Liberal dissolveu o júri porque a defesa, feita pelo advogado Sergei Cobra Arbex, se recusou a fazer a seleção dos jurados antes de iniciar os trabalhos. Sergei questionou decisões da Justiça que, em seu entendimento, dificultariam a defesa em relação às provas do caso. A defesa queria, por exemplo, que fosse levada para o tribunal a própria Pajero, o que foi indeferido.
 
Por Sandra Domingues, com informções do EPTV, Mídia News e Notícias Bol

Selma Heloísa Artigas da Silva, de 22 anos,  foi amarrada a uma camioneta importada e arrastada durante uma hora, por dois quilômetros e meio. Parte do cérebro foi encontrado a 1.600 metros de distância do corpo. Um dos braços foi arrancado pelos impactos do arrasto. O legista ficou chocado: “em 20 anos de profissão, nunca vi um corpo tão desfigurado quanto esse”. 

O crime aconteceu no dia 11 de setembro de 1998, na Av. Caramuru em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

O júri popular do empresário acusado de matar e arrastar Selma Heloísa Artigas da Silva foi confirmado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) para as 10h do dia 17 de maio de 2012, no Fórum de Ribeirão Preto. O juiz que irá presidir o julgamento e proferir a sentença, segundo o TJ, é José Roberto Bernardi Liberal, da Vara do júri e execuções criminais de Araraquara, interior de São Paulo. O promotor de acusação é José Vicente Pinto Ferreira.

Pablo Russel Rocha é acusado de arrastar Selma Heloísa Artigas da Silva, conhecida como Nícole, por cerca de dois quilômetros na Avenida Caramuru. O MP pede a condenação do empresário por homicídio triplamente qualificado. Ele responde pelo crime em liberdade.
 
Sete representantes da sociedade civil da região irão compor o conselho de sentença, após serem escolhidos por meio de sorteio, de acordo com o TJ. Segundo um dos advogados que auxilia na denúncia do Ministério Público (MP), Hélio Rocha, quatro testemunhas de acusação estão confirmadas e outras foram citadas, porém não confirmadas.
 
O julgamento do réu poderá ser acompanhado pela população e caso ocorra superlotação serão distribuídas senhas. A mãe e a irmã da vítima vão assistir ao júri, de acordo com Hélio Rocha.
 
O advogado de defesa do empresário, Sergei Cobra Arbex, em fevereiro de 2012, informou à reportagem do G1 que o réu é inocente da acusação de assassinato e que a morte foi acidental.
 
O juiz José Roberto Bernardi Liberal cancelou o julgamento que estava marcado para o dia 17 de maio de 2012. Liberal dissolveu o júri porque a defesa, feita pelo advogado Sergei Cobra Arbex, se recusou a fazer a seleção dos jurados antes de iniciar os trabalhos. Sergei questionou decisões da Justiça que, em seu entendimento, dificultariam a defesa em relação às provas do caso. A defesa queria, por exemplo, que fosse levada para o tribunal a própria Pajero, o que foi indeferido.
 
Por Sandra Domingues, com informções do EPTV, Mídia News e Notícias Bol


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






José em 26/12/2014 22:47
Fiquei sabendo desse crime através do lixo do ratinho, na época era adolescente e tive vontade de ir a delegacia tentar bater no cara. Hoje não faria justiça com as próprias mãos jamais, mesmo desacreditando totalmente na justiça brasileira. Mas ontem me lembrei dessa história e resolvi procurar para ver quantos anos o assassino tinha pego, não sei pq mas não fiquei surpreso com o fato de que o julgamento não aconteceu e nem vai acontecer (prescreve ano que vem). A justiça brasileira se especializou em prender inocentes e soltar culpados, não sei se existe outro país no mundo onde um cara desses escaparia impune, Isso é Brasil!!


Luciano em 12/12/2014 23:14
A justiça dos homens, ainda que tardia, vai colocar este monstro na cadeia!!! Porém, segundo já ouvi por aí, o inferno é aqui mesmo, e este cara ainda vai sofrer muito aqui na terra para pagar pelo seu crime! E a justiça de Deus não falha!!!


Venom em 06/03/2014 00:38
22 anos e ainda nada de julgamento? Quando vai prescrever?


Sandra Heloisa Artigas em 19/05/2013 23:20
Minha amada irmã foi massacrada,são quase 15 anos de dor profunda,e infelizmente nada acontece...nada de justiça..nada de nada...vivemos a mercê de um código penal arcaico e obsoleto,alem disso quem teoricamente deveria zelar por nossa segurança...nossa integridade.. se quer lembram que nós existimos...somos lembrados somente na hora de pedir votos e nos fazer novamente de otários...estamos vivendo num pais de impunidade que reina absoluta..ser bandido hj em dia é status...ser honesto...trabalhador..esta sendo literalmente motivo de vergonha...pois estas qualidades passou ser defeito...irônico e vergonhoso pra nós mas pra eles....pouco importa...o que vale é estarem sempre com as borras bem cheias de dinheiro ..pq é só pra isso que nós servimos pra eles...lamentável...


Shirley em 07/01/2013 20:15
era uma garota de programa? mas por isso nao era um ser humano? nao tinha amor no coraçao, nao tinha familia , nada? estamos falando de um ser humano ... ate quando vamos sofrer violencia, ate quando as pessoas vao ser discriminadas... este homen pode ser comparado a uma besta humana! coitada...ainda gravida! tomara q aprodreça na cadeia este verme inutil!

Marcos Itiberê Rodrigues de Castro Caiado Filho Carlos Eduardo Mendes de Jesus Milena dos Santos Nascimento Diego de Almeida Silva Nicollas Maciel Franco Darlla Dutra Rodrigues Priscila Vieira Belfort Thiago karpó Maiara de Barros Felipe Bruna Marieth de Morais Jonathan Felipe dos Santos Cláudio Carvalho Tenório Cauane Borges da Silva Suellen Santos da Silva Rafael Pereira da Silva Géssica Guedes Pereira Raimundo Correia Menezes Neto Miriam Afif José Baltresca Kamyle Vitória do Nascimento Luis Gustavo de Melo Barbosa Carlos Antonio de Paula
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS