Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Décio Sá (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 23/04/2012

Localização: São Luis (MA)

Data de Falecimento: 23/04/2012

Sexo: Masculino Masculino
 
O jornalista e blogueiro Décio Sá , 42 anos, foi assassinado na noite de 23 de abril de 2012, no bar Estrela D'Alva, na Avenida Litorânea, em São Luís, no Maranhão. Segundo testemunhas, ele estava sentado quando, por volta de 23h30, um homem chegou caminhando, apontou uma arma e atirou duas vezes contra a cabeça do jornalista, que morreu na hora. Depois, o matador fugiu em uma moto. Ainda de acordo com as testemunhas, um comparsa aguardava o atirador do outro lado da pista.
 
A arma usada no assassinato do jornalista Décio Sá é  uma pistola Ponto 40, usada somente por policias.
A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) está à frente do caso e pede que informações sobre o crime sejam repassadas para o Disque-Denúncia pelo telefone 3223-5800.
 
A família de Décio ainda não sabe quem poderia ter sido o mandante da execução.

O jornalista Décio Sá foi executado em função da atividade que ele exercia em São Luís. Sá era repórter de política do jornal O Estado do Maranhão, de propriedade da família Sarney e tinha um blog.

O blog era o mais lido do Estado com 2,7 milhões de acessos únicos por ano. Ele morreu após ser alvejado com seis tiros na noite de segunda-feira. Três atingiram o jornalista.
 
Segundo informações de fontes ligadas à Secretaria de Segurança (SSP), existem pelo menos duas linhas de investigação. A Polícia, entretanto, não pretende divulgá-las para não atrapalhar a elucidação do crime. “Mas não existe dúvida de que o crime tem relação com a atividade que ele exercia no blog ou no jornal”, declarou Mendes.
 
Durante a madrugada, internautas fizeram reverência a postagens que o jornalista fez denunciando crimes de pistolagem no Estado. Mendes ressaltou que esse crime não foi encomendado em menos de um dia. “Foi algo profissional”, ressaltou.
 
O crime foi planejado há vários dias, segundo a SSP. A polícia já tem algumas pistas sobre os autores do crime. Um retrato falado dos assassinos deve ser divulgado na quarta-feira (25/04) em São Luís . Ainda conforme a Secretaria da Segurança do Maranhão, foi montada uma frente com três delegados de política para elucidar o assassinato de Sá.
 
“É um crime de difícil elucidação, mas daremos respostas o mais rápido possível”, declarou. Na quarta-feira (25/04), um grupo de empresários do Maranhão ofereceu uma recompensa de R$ 100 mil para quem der pistas sobre o paradeiro dos assassinos.
 
O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) e sua filha, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), divulgaram notas oficiais lamentando a morte do jornalista . Roseana disse que o governo do Estado em hipótese alguma ficará inerte diante de tamanha brutalidade.
 
Sarney afirmou que “Esse crime hediondo, brutal e cruel tem que ser desvendado para punir os culpados e despertar, cada vez mais, a consciência para a proteção e o respeito à liberdade de imprensa. Seu assassinato, além de uma atrocidade, é um atentado à democracia”.

O jornalista e blogueiro Décio Sá foi assassinado na noite de 23 de abril de 2012, no bar Estrela D'Alva, na Avenida Litorânea, em São Luís, no Maranhão. Segundo testemunhas, ele estava sentado quando, por volta de 23h30, um homem chegou caminhando, apontou uma arma e atirou duas vezes contra a cabeça do jornalista, que morreu na hora. Depois, o matador fugiu em uma moto. Ainda de acordo com as testemunhas, um comparsa aguardava o atirador do outro lado da pista.

A arma usada no assassinato do jornalista Décio Sá é  uma pistola Ponto 40, usada somente por policias.

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) está à frente do caso e pede que informações sobre o crime sejam repassadas para o Disque-Denúncia pelo telefone 3223-5800.

O crime foi planejado há vários dias, segundo a SSP. A polícia já tem algumas pistas sobre os autores do crime. Um retrato falado dos assassinos deve ser divulgado na quarta-feira (25/04) em São Luís . Ainda conforme a Secretaria da Segurança do Maranhão, foi montada uma frente com três delegados de política para elucidar o assassinato de Sá.


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Daniella Ferrante Perez Gazolla Hélio Barreira Ribeiro Jéssica Carline Ananias da Costa Glauco Villas Boas Viviane Alves Guimarães Wahbe Priscila Vieira Belfort Allan Diego Henriques Barbosa Marco Antônio Queiroz Muniz Luiz Carlos Rugai Julyana Siqueiros Palomino Bárbara Guimarães Lopes Francisco de Assis Guerra Ramalho Yago Batista de Souza Bruna Marques Melo Thiago Pinheiro Castro Jácomo Lima Bonapace Beatriz da Silva Costa Hozana Rodrigues Rodrigo Maia Casemiro Roberta Yuri Yoshifusa Rafael Pereira da Silva
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS