Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Bruno Gitahy Zagootho (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 26/02/2012

Localização: Irajá (RJ)

Data de Nascimento: 00/00/1985 (27 anos)

Data de Falecimento: 29/02/2012

Sexo: Masculino Masculino
 

O salva vidas Bruno Gitahy Zagootho, de 27 anos, levou 3 tiros na madrugada de 26 de fevereiro de 2012, em Irajá - RJ, por causa de uma briga de trânsito. Vindo a falecer 3 dias depois.

Bruno voltava de uma festa com um grupo de amigos e a namorada. Ela teria esbarrado no retrovisor de um carro e o dono foi tomar satisfação. A jovem levou um soco no rosto. Bruno foi defender a namorada e tomou 3 tiros.

Bruno foi socorrido e levado ao hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu e faleceu 3 dias depois. O enterro foi no fim da tarde do dia 29/06, no cemitério de Inhauma, em meio a dor e revolta dos familiares e amigos que não se conformavam com tamanha brutalidade.

O autor do crime é o estudante da PM, Renato Marques Machado, de 31 anos, que foi preso na manhã de 29/02, após ser identificado, depois que testemunhas relataram que o acusado morava na redondeza e que o viram entrar no prédio onde mora, que fica em frente a cena do crime.

Renato foi indiciado por homicidio qualificado, por motivo fútil e será julgado pelo Tribunal do Júri. 

O julgamento de Renato Marques Machado está marcado para acontecer no dia 17 de outubro de 2013 no Palácio da Justiça do Estado do Rio de Janeiro - Fórum Central, situado à Av. Erasmo Braga, 115 - Centro-RJ

Por Sandra Domingues, com informações do Extra Globo e R7

Caso acompanhado pelo Grupo Justiça é o que se Busca, no Facebook

O salva vidas Bruno Gitahy Zagootho, de 27 anos, levou 3 tiros na madrugada de 26 de fevereiro de 2012, em Irajá - RJ, por causa de uma briga de trânsito. Vindo a falecer 3 dias depois. 

Bruno voltava de uma festa com um grupo de amigos e a namorada. Ela teria esbarrado no retrovisor de um carro e o dono foi tomar satisfação. A jovem levou um soco no rosto. Bruno foi defender a namorada e tomou 3 tiros.

Bruno foi socorrido e levado ao hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu e faleceu 3 dias depois. O enterro foi no fim da tarde do dia 29/06, no cemitério de Inhauma, em meio a dor e revolta dos familiares e amigos que não se conformavam com tamanha brutalidade.

O autor do crime é o estudante da PM, Renato Marques Machado, de 31 anos, que foi preso na manhã de 29/02, após ser identificado, depois que testemunhas relataram que o acusado morava na redondeza e que o viram entrar no prédio onde mora, que fica em frente a cena do crime.

O julgamento de Renato está marcado para acontecer no dia 17 de outubro de 2013 no Palácio da Justiça do Estado do Rio de Janeiro - Fórum Central, situado à Av. Erasmo Braga, 115 - Centro-RJ

Por Sandra Domingues, com informações do Extra Globo e R7



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Eduardo Antônio Lara Jhony Azeredo da Silva Coutinho Henrique dos Santos Silva Rômulo Castro Ramos Tavares Renata de Cássia Yoshifusa Danilo Masahiko Kurisaki João Vitor dos Santos Rodrigues e Igor Giovanni dos Santos Rodrigues Marcelo Castelo Branco Iudice Joemir Lucimar Rubio Sara Borges Rocha Fabianna de Menezes Olegário Fernandes Abdias Felício de Souza Kelbson Nogueira Diógenes Gabriela Alves Nunes Jhonata Oliveira Kenefer Maria de Jesus Guimarães Jamile de Castro Nascimento Raizza Tavares Cruz Kelly Cristina Rodrigues Renan Fogaça Alípio Lavínia Rabech da Rosa
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS