Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Camila da Silva Moutinho (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 06/03/2012

Localização: São Paulo (SP)

Data de Nascimento: 07/03/1988 (23 anos)

Data de Falecimento: 06/03/2012

Sexo: Feminino Feminino
 

A jovem guitarrista Camila Silva Moutinho, mais conhecida por Camila Simon, de 23 anos, foi assassinada juntamente com sua mãe, Maria Cleuza da Silva Moutinho, na noite de 06 de março de 2012, na casa da família, em um bairro da Zona Sul de São Paulo.  A musicista completaria 24 anos no dia 07 de março.

Segundo vizinhos, o assassino é um morador de rua que recebia a quantia de R$ 10,00 todos os dias de Cleuza. Na noite do assassinato, como ela não tinha dinheiro, o criminoso invadiu a casa e matou as duas, fugindo em seguida.
 
Atualmente, Camila fazia parte da banda Rockdelia e atuou na Orquestra de Violões e na Orquestra de Guitarras, além de outras bandas.  Em 2013, se tornaria “Bacharel em Música” pela Faculdade Santa Marcelina e desde 2010 dava aulas na “Escola Municipal de Música de Taboão da Serra”.

A irmã de Camila conversava com a mãe por telefone quando ouviu a voz de uma pessoa estranha na casa, em seguida o telefone ficou mudo. Ao chegar no local, encontrou as duas mortas.

O suspeito está foragido e o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa segue investigando o caso.

A jovem guitarrista Camila Silva Moutinho, mais conhecida por Camila Simon, de 23 anos, foi assassinada juntamente com sua mãe, Maria Cleuza da Silva Moutinho, na noite de 06 de março de 2012, na casa da família, em um bairro da Zona Sul de São Paulo.  A musicista completaria 24 anos no dia 07 de março.

Segundo vizinhos, o assassino é um morador de rua que recebia a quantia de R$ 10,00 todos os dias de Cleuza. Na noite do assassinato, como ela não tinha dinheiro, o criminoso invadiu a casa e matou as duas, fugindo em seguida.
 
O suspeito está foragido e o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa segue investigando o caso.


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Lane em 12/07/2012 17:08
Por isso que as pessoas tem medo de estender a mão para uma pessoa de rua, você ajuda e quando não pode, perde a vida! Espero que este monstro seja preso (embora ache isso pouco, deveria ser condenado a pena de morte!)

Maria Tatiana Barros de Oliveira Andressa Victória de Sá Alves da Silva Marcelo Alexandrino Costa dos Santos Mariana Rocha de Souza Maria Vitória Oliveira de Souza Vitória Regina Dias Evaristo Bruna Tadin de Souza Mayra da Silva Paula Danillo Lopes Barros Pinto Luiz Carlos Rugai Benoni Alencar Giovani Schiller Balau Rodrigo Lopes de Marcelos Agda Fátima Rocha Jeniffer Corneau Viturino Rachel Maria Lobo Genofre Manfred Albert von Richthofen Leandro Bossi Kaytto Guilherme Nascimento Pinto Felipe Silva Caffé Flávio Luiz Paixao dos Santos
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS