Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Tatiana Trajano de Santana (Bala Perdida)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 04/08/2007

Localização: Rio de Janeiro (RJ)

Data de Nascimento: 14/10/1993 (13 anos)

Data de Falecimento: 04/08/2007

Sexo: Feminino Feminino
 

Tatiane Trajano de Santana, de 13 anos, foi vítima de bala perdida, sendo atingida por um tiro no tórax, na tarde de 04 de agosto de 2007, em Olaria, no subúrbio do Rio.

A jovem Tatiane Trajano morreu às 13h50 do dia 05 de agosto de 2007, no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, também no subúrbio do Rio.
 
Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria estadual de Saúde, a menina teve uma parada cardíaca e os médicos tentaram reanimá-la, sem sucesso.
 
Segundo a Secretaria, Tatiane havia passado por uma cirurgia horas depois de ser baleada na calçada da Avenida Darcy Bittencourt Costa, quando estaria voltando para a casa, num conjunto residencial da PM, na Rua Álvaro Antonio Sauka. Ela estava com a bala alojada na coluna e sofreu várias lesões vasculares. 
 
Policiais do 16º BPM (Olaria) contaram que o disparo teria partido da favela da Pedra do Sapo, no Complexo do Alemão. A PM afirma que não havia qualquer operação na comunidade no momento em que a criança foi ferida.

Por Eliane Trajano

Tatiana foi na casa de uma colega, estava conversando com um grupo de amigos, de repente tiros ...Não era operação no morro, mas bandido não tem hora nem lugar.

Até hoje eu ainda me encontro em tratamento.Não podemos curar um pedaço do nosso coração que foi arrancado bruscamente...tentamos amenizar a dor dia a dia todos os anos... 

Tatiane Trajano de Santana, de 13 anos, foi vítima de bala perdida, sendo atingida por um tiro no tórax, na tarde de 04 de agosto de 2007, em Olaria, no subúrbio do Rio, vindo a falecer no dia seguinte.

Segundo a Secretaria, Tatiane havia passado por uma cirurgia horas depois de ser baleada na calçada da Avenida Darcy Bittencourt Costa, quando estaria voltando para a casa, num conjunto residencial da PM, na Rua Álvaro Antonio Sauka. Ela estava com a bala alojada na coluna e sofreu várias lesões vasculares. 

Policiais do 16º BPM (Olaria) contaram que o disparo teria partido da favela da Pedra do Sapo, no Complexo do Alemão. A PM afirma que não havia qualquer operação na comunidade no momento em que a criança foi ferida.


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Fernanda Ellen Miranda Cabral de Oliveira Renata de Cássia Yoshifusa Henrique Barbosa da Silva Emily Guedert de Araújo Humberto José Figueiras Barrense Camila da Silva Moutinho Maria Aparecida Fausta Ribeiro Silva Josefa Santos Cunha Fernanda Venâncio Ramos Lewdo Ricardo Coelho Severino Ricardo Wagner Léslis Silva Everson Arizoli Peixoto  Renata Alexandre Costa Coelho Carlos Murilo de Almeida Kaytto Guilherme Nascimento Pinto Vitor Gurman Emerson Luis Marques Goularte Janaína Brito Conceição Sérgio Porfírio Cardoso Maria Cláudia Siqueira Del’Isola Amanda Rossi
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS