Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Marcos Monis Monteiro de Lima (Latrocínio)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 05/01/2004

Localização: São Paulo (SP)

Data de Nascimento: 14/02/1964 (39 anos)

Data de Falecimento: 05/01/2004

Sexo: Masculino Masculino
 

Marcos Monis Monteiro de Lima, 39 anos, foi vítima de latrocínio por 4 marginais que lhe roubaram e o assassinaram covardemente, em São Paulo, no dia 05/01/2004.

Marcos Monis Monteiro de Lima, 39 anos, trabalhou como autônomo e se preparava para fazer o concurso público, quando teve seus sonhos e sua vida interrompida depois de um dia de trabalho, ao retornar para a sua residência, em uma parada de ônibus, foi vítima de latrocínio por 4 marginais que lhe roubaram a sua mochila com seus livros de matemática e cadernos, e o assassinaram covardemente sem a vítima esboçar nenhuma reação, deixando, mãe e irmãos e uma dor que jamais vai ter fim, e muitas saudades, na primeira segunda-feira do ano, às 21:20hs, em 05/01/2004.


Um dos criminosos foi preso, um morto e dois livres: O caso está na justiça, foi marcada audiência para o autor do crime de Marcos Monis Monteiro de Lima, mas ele não foi encontrado, mas está com mandado de prisão: chama-se Paulo Cristiano Gomes da Silva, vugo Xuxu, está livre (detalhe: todos eram foragidos)

Marcos Monis Monteiro de Lima, 39 anos, foi vítima de latrocínio por 4 marginais que lhe roubaram e o assassinaram covardemente, em São Paulo, no dia 05/01/2004.

Marcos Monis Monteiro de Lima, 39 anos, trabalhou como autônomo e se preparava para fazer o concurso público, quando teve seus sonhos e sua vida interrompida depois de um dia de trabalho, ao retornar para a sua residência, em uma parada de ônibus, foi vítima de latrocínio por 4 marginais que lhe roubaram a sua mochila com seus livros de matemática e cadernos, e o assassinaram covardemente sem a vítima esboçar nenhuma reação, deixando, mãe e irmãos e uma dor que jamais vai ter fim, e muitas saudades, na primeira segunda-feira do ano, às 21:20hs, em 05/01/2004.

Um dos criminosos foi preso, um morto e dois livres: O caso está na justiça, foi marcada audiência para o autor do crime de Marcos Monis Monteiro de Lima, mas ele não foi encontrado, mas está com mandado de prisão: chama-se Paulo Cristiano Gomes da Silva, vugo Xuxu, está livre (detalhe: todos eram foragidos)



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Jackson Wataru Komati Guilherme Gabriel Caetano Júlio César Rodrigues Hugo Ribeiro Santos Camargo André Caldeira Brant Ana Carolina Cópia Teixeira Roberto Pires de Jesus Renan Rodrigues da Silva Décio Sá Rosa Maria Leite Alves Josef Michael dos Santos Lopes Leandro Bossi Marcos José Aloise da Rocha Gabriel Kuhn Felipe da Silva Gomes Vanessa Ferreira Carobene Enedith Monteiro de Brito Márcia Cristina Sales Militão Orlando Enriquez Alves Gomes Kaio Lucas Garcia Negris Anayelle Monteiro Alves
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS