Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

André Barros dos Santos Júnior (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 17/10/2011

Localização: São Vicente (SP)

Data de Nascimento: 14/12/1995 (15 anos)

Data de Falecimento: 21/10/2011

Sexo: Masculino Masculino
 

André Barros dos Santos Júnior, 16 anos, foi vítima de latrocínio no dia 17 de outubro de 2011, na cidade de São Vicente, litoral de São Paulo

André estava com a namorada na Rua José Ignácio da Glória, na Vila São Jorge, em São Vicente, quando foi abordado por três adolescentes – de 14, 15 e 17 anos. O trio tentou roubar o telefone celular da garota, mas André reagiu e acabou alvejado no rosto. A bala atingiu a veia carótida e se alojou perto do cérebro, causando um edema cerebral. 

André Barros dos Santos Júnior foi socorrido pelo resgate e levado para o CREI-SV, transferido no dia seguinte para o Hospital Irmã Dulce na Praia Grande. No dia 19/10, o rapaz entrou em coma induzido. O óbito foi registrado dois dias depois (21/10).

A família doou todos os órgãos do jovem, salvando a vida de pessoas que aguardam por transplantes.

Sob uma salva de palmas de familiares e amigos, o corpo do adolescente André Barros dos Santos Júnior foi sepultado no domingo (23/10), no Memorial de São Vicente. A consternação geral foi resumida por seu pai, André Barros dos Santos: “Fica um vazio muito grande”.

No dia 18/10 três menores acusados pelo crime foram apreendidos pela polícia. Um deles, que teria atirado em André, tem 14 anos. O outro, que estava na bicicleta, 15. E o que teria emprestado a arma, 17.

Houve a primeira audiência no fórum de São Vicente e os dois menores de 14 e 15 anos foram recolhidos a Fundação Casa da mesma cidade.

A mãe de André Júnior, Tânia da Cunha Moreira, não tem acesso às informações do processo devido os bandidos serem menores de idade. 

André Barros dos Santos Júnior, 16 anos, foi vítima de latrocínio no dia 17 de outubro de 2011, na cidade de São Vicente, litoral de São Paulo

André estava com a namorada na Rua José Ignácio da Glória, na Vila São Jorge, em São Vicente, quando foi abordado por três adolescentes – de 14, 15 e 17 anos. O trio tentou roubar o telefone celular da garota, mas André reagiu e acabou alvejado no rosto. A bala atingiu a veia carótida e se alojou perto do cérebro, causando um edema cerebral. 

André Barros dos Santos Júnior foi socorrido pelo resgate e levado para o CREI-SV, transferido no dia seguinte para o Hospital Irmã Dulce na Praia Grande. No dia 19/10, o rapaz entrou em coma induzido. O óbito foi registrado dois dias depois (21/10).

No dia 18/10 três menores acusados pelo crime foram apreendidos pela polícia. Um deles, que teria atirado em André, tem 14 anos. O outro, que estava na bicicleta, 15. E o que teria emprestado a arma, 17.

Houve a primeira audiência no fórum de São Vicente e os dois menores de 14 e 15 anos foram recolhidos a Fundação Casa da mesma cidade. 

A mãe de André Júnior, Tânia da Cunha Moreira, não tem acesso às informações do processo devido os bandidos serem menores de idade. 



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Danielle Tobler Esser Kaytto Guilherme Nascimento Pinto Fernanda Orfali Polyanna Arruda Borges Leopoldino Bruno Souza Lopes José Cláudio Ribeiro da Silva Rafael Mascarenhas Elisângela Francisco da Silva Elson Melo Carlos Eduardo de Souza Garcia Daniel Víctor  de Bastos Ana Elizabeth de Oliveira Pedro Eduardo de Lima Rosalvo Teixeira Bastos Maria Carolina Diniz Robson Eduardo Carriel De Lima Diogo Lourenço da Silva Eugênio Bozola Luiza Paula da Silveira Machado Yago Batista de Souza Millena Freitas dos Santos
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS