Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Danghlie Vieira de Andrade (Pedofilia)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 21/01/2012

Localização: Santa Izabel Doeste (PR)

Data de Nascimento: 00/00/2005 (7 anos)

Data de Falecimento: 21/01/2012

Sexo: Feminino Feminino
 

Danghlie Vieira de Andrade, de apenas 7 anos, foi estuprada e morta morta por um homem de 25 anos que colocou o corpo da menina em uma mala, no dia 21 de janeiro de 2012. O crime aconteceu na residência do homem, na Rua Eucaliptos, Bairro Alto da Colina, em  Santa Izabel Doeste, interior do estado do Paraná.

Conforme a Polícia Militar, a menor foi raptada de sua residência por volta das 04 horas da madrugada de sábado (21/01), enquanto sua mãe participava de um bailão na cidade.

A menina estava em casa com uma tia. O autor do crime, Cristiano Gonçalves, 25 anos, era conhecido da família e foi até a residência. As buscas iniciaram quando a mãe comunicou o desaparecimento da criança à polícia. A princípio, segundo o policial militar Luciano, a menina Danghlie Vieira de Andrade foi procurada na casa de parentes.
 
Quando a tia da menina dormiu o mesmo a levou até sua casa onde cometeu o ato sexual e, em seguida, matou a criança asfixiada com um travesseiro. O corpo foi encontrado dentro de uma mala de viagem, que estava no quarto de Cristiano.
 
Ele foi detido pela Polícia Militar e encaminhado a Delegacia de Realeza, onde confessou os crimes. Ele contou que estava embriagado e por isso cometeu o crime.
 
O corpo da menina, segundo ele, foi enterrado na tarde de sábado (21/01). Cristiano estava residindo em Santa Izabel D´Oeste há poucos mais de uma semana. Ele veio de Joinvile (SC) para evitar confusão com sua ex-mulher.
 
Por coincidência é pai de uma filha de 07 anos, mesma idade da vítima. De acordo com o delegado da comarca de Realeza, Matheus Araújo Laiola, o criminoso foi autuado em flagrante por estupro e homicídio.
 
O corpo da pequena Danghlie Vieira de Andrade foi encaminhado ao IML de Francisco Beltrão, necropsiado ainda no sábado (21/01) e liberado a família. 
 
Conforme informações do Instituto Médico-Legal (IML), a criança teve hemorragia interna em razão da violência sexual, lesões pelo corpo, sinais de esganadura e asfixia.
 
Para o Delegado que presidiu a investigação e esteve no local do crime, Matheus Araújo Laiola, "trata-se de um crime bárbaro que chocou toda a comunidade. A população queria linchar o criminoso. Tivemos que agir rápido para esclarecer o fato e dar uma resposta para a população".
 
Cristiano está preso na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão (PR). Ele está isolado dos demais detentos porque corre risco de morte dentro da unidade prisional. O crime chocou toda a região. 
 
Na tarde de sábado, após a prisão em flagrante, Cristiano prestou depoimento na delegacia de Realeza, cidade próxima de onde ocorreu o homicídio, e a população já tentou linchá-lo. 
 
Cristiano Gonçalves confessou ter raptado, violentado e depois matado Danghlie. A menina, que era vizinha de Cristiano, foi retirada de casa ainda dormindo, por volta das 4h.
 
O suspeito foi autuado pela prática dos crimes de estupro de vulnerável e homicídio triplamente qualificado. Se condenado, ele poderá pegar até 105 anos de prisão. 
 
O acusado, segundo a polícia, tem antecedentes criminais por tráfico de drogas no Paraná e apropriação indébita em Santa Catarina.

Agressor. Cristiano Gonçalves, 25 anos Vítima. Danghlie Vieira de Andrade, 7 - Divulgação/ND

Cristiano Gonçalves, 25 anos acusado de estrupar e matar a menina Danghlie Vieira de Andrade 

Manifestação em frente a delegacia de Realeza na manhã de segunda-feira (23/01) (Foto de Laércio Reinehr/Rádio Clube)

Danghlie Vieira de Andrade, de apenas 7 anos, foi estuprada e morta morta por um homem de 25 anos que colocou o corpo da menina em uma mala, no dia 21 de janeiro de 2012. O crime aconteceu na residência do homem, na Rua Eucaliptos, Bairro Alto da Colina, em  Santa Izabel Doeste, interior do estado do Paraná.

Conforme a Polícia Militar, a menor foi raptada de sua residência por volta das 04 horas da madrugada de sábado (21/01), enquanto sua mãe participava de um bailão na cidade.

A menina estava em casa com uma tia. O autor do crime, Cristiano Gonçalves, 25 anos, era conhecido da família e foi até a residência. As buscas iniciaram quando a mãe comunicou o desaparecimento da criança à polícia. A princípio, segundo o policial militar Luciano, a menina Danghlie Vieira de Andrade foi procurada na casa de parentes.
 
Quando a tia da menina dormiu o mesmo a levou até sua casa onde cometeu o ato sexual e, em seguida, matou a criança asfixiada com um travesseiro. O corpo foi encontrado dentro de uma mala de viagem, que estava no quarto de Cristiano.
 
Ele foi detido pela Polícia Militar e encaminhado a Delegacia de Realeza, onde confessou os crimes. Ele contou que estava embriagado e por isso cometeu o crime.
 
Conforme informações do Instituto Médico-Legal (IML), a criança teve hemorragia interna em razão da violência sexual, lesões pelo corpo, sinais de esganadura e asfixia.
 
Para o Delegado que presidiu a investigação e esteve no local do crime, Matheus Araújo Laiola, "trata-se de um crime bárbaro que chocou toda a comunidade. A população queria linchar o criminoso. Tivemos que agir rápido para esclarecer o fato e dar uma resposta para a população".
 
Cristiano está preso na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão (PR). Ele está isolado dos demais detentos porque corre risco de morte dentro da unidade prisional.  
 
O suspeito foi autuado pela prática dos crimes de estupro de vulnerável e homicídio triplamente qualificado. Se condenado, ele poderá pegar até 105 anos de prisão. 
 
O acusado, segundo a polícia, tem antecedentes criminais por tráfico de drogas no Paraná e apropriação indébita em Santa Catarina.


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Luciana em 21/07/2013 18:00
Senhor proteja nossas crianças! Amem! Que a justiça seja feita, que esse estrelinha brilhe no céu e nossos corações.


Roseli Cardoso em 17/06/2012 19:37
Desgacado maldito tomara que vc passe por td que essa pobre crianca passou essa lei maldita que nao da uma pena de morte para um monstro desse Gostaria que vc fosse queimado aos poucos seu maldito tomara que te facam mulher na cadeia cara de vagabundo maldito mil vezes maldito que o capeta venha te buscar Kd a cadeira elétrica para um crime desse?É revoltante

Cristiano Rispoli Barros Mário dos Santos Sampaio Raimundo Nonato Bezerra Nicholas Marins Prado Kauê Abreu dos Santos Giorgio Renan Ernlund Metynoski Ilda Vitor Maciel Shara Ruana Reis Caylee Marie Anthony Rafael de Paiva Freitas Patriota Joanna Cardoso Marcenal Marins Simone de Campos Gomes Meira Fernandes Bruna da Silva Ribeiro Caíque Müller de Oliveira Santana Padre Wagner Rodolfo da Silva Lore de Santana Vaz Gabriela Correia da Silva Ana Cláudia Melo e Silva Amanda Rossi Eduardo da Silva Oliveira Camila da Silva Moutinho
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS