Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Líbio Chaves Mendonça (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 08/01/2012

Localização: Salvador (BA)

Data de Nascimento: 00/00/1990 (22 anos)

Data de Falecimento: 08/01/2012

Sexo: Masculino Masculino
 

Líbio Chaves Mendonça, 22 anos,  morava em Salvador e estudava na Área1 – Faculdade de Ciência e Tecnologia, foi baleado na madrugada de domingo, na praça de Guarajuba, município de Camaçari, região Metropolitana de Salvador, em 08 de janeiro de 2012 e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu e faleceu.

Segundo o delegado, Líbio saiu em defesa de um amigo que foi agredido com um soco por um homem que chegou ao local em uma motocicleta. “Um dos homens desceu da moto já dando um soco no amigo de Líbio", diz o delegado. A vítima foi defender o amigo e investiu contra o agressor, que já sacou a arma e atirou no jovem. "Nós estamos achando que ou eles foram confundidos com alguém ou foi aquela rixa que existe entre os moradores locais e os visitantes", explica Borba.
 
O delegado descartou a possibilidade de assalto e disse que os amigos que estavam com Líbio, cinco rapazes, negaram que tenha havido uma briga.

Os três acusados de participar do assassinato do universitário Líbio Chaves Mendonça. Segundo informações do delgado Nilton Borba, Danilo Dias da Silva, de 18 anos, estava na garupa da moto e efetuou os disparos. Quem conduzia o veículo era Marcos de Jesus Alves, também de 18 anos. De acordo com o Bocão News, o outro detido é Diego Mendes, da mesma idade, que, segundo informações da 18ª Delegacia, apesar de não participar diretamente do assassinato, ameaçava testemunhas e, inclusive, escondia a arma utilizada no crime. Câmeras instaladas na praça e depoimentos de testemunhas auxiliaram na investigação que levou a policia até os acusados, presos em Barra do Jacuípe. 

Todos estão detidos na 18ª Delegacia Territorial (Camaçari) à disposição da Justiça.

A família de Líbio Chaves Mendonça decidiu doar os órgãos do jovem na terça-feira (10), de acordo com informações da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab). A morte cerebral foi confirmada por neurologistas pela manhã, após o terceiro exame do protocolo de morte encefálica, aberto por uma equipe de médicos do Hospital Geral do Estado (HGE).

Os exames clínicos e complementares foram feitos durante intervalos de tempo variados, desde a tarde do dia 09/01, para identificar se ainda havia respostas aos estímulos cerebrais. Até 12 pessoas podem se beneficiar com a doação de órgãos e tecidos de Líbio.
 
Após a retirada dos órgãos, o corpo de Líbio foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para a conclusão do laudo médico e criminal. 
 
Caminhada da Paz
 
Familiares e amigos do jovem vão realizar uma caminhada pela paz no sábado (14/01), na avenida de São Rafael, em Salvador. A mobilização, que recebeu o nome de Caminhada da Paz e da Justiça, está prevista para começar às 14h na frente da loja Insinuante do bairro.
 
O convite para o evento está sendo feito através das redes sociais, como o Facebook, onde a irmã da vítima, Ana Paula, pede que todos participem vestidos de branco.

Foto: Roberto Viana

Acusados de participar do assassinato de Líbio Chaves Mendonça (da esquerda para a direita) Danilo, Diego e Marcos

Líbio Chaves Mendonça, 22 anos,  morava em Salvador e estudava na Área1 – Faculdade de Ciência e Tecnologia, foi baleado na madrugada de domingo, na praça de Guarajuba, município de Camaçari, região Metropolitana de Salvador, em 08 de janeiro de 2012 e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu e faleceu. 

Segundo o delegado, Líbio saiu em defesa de um amigo que foi agredido com um soco por um homem que chegou ao local em uma motocicleta. “Um dos homens desceu da moto já dando um soco no amigo de Líbio", diz o delegado. A vítima foi defender o amigo e investiu contra o agressor, que já sacou a arma e atirou no jovem. "Nós estamos achando que ou eles foram confundidos com alguém ou foi aquela rixa que existe entre os moradores locais e os visitantes", explica Borba.
 
O delegado descartou a possibilidade de assalto e disse que os amigos que estavam com Líbio, cinco rapazes, negaram que tenha havido uma briga.

Os três acusados de participar do assassinato do universitário Líbio Chaves Mendonça. Segundo informações do delgado Nilton Borba, Danilo Dias da Silva, de 18 anos, estava na garupa da moto e efetuou os disparos. Quem conduzia o veículo era Marcos de Jesus Alves, também de 18 anos. De acordo com o Bocão News, o outro detido é Diego Mendes, da mesma idade, que, segundo informações da 18ª Delegacia, apesar de não participar diretamente do assassinato, ameaçava testemunhas e, inclusive, escondia a arma utilizada no crime. Câmeras instaladas na praça e depoimentos de testemunhas auxiliaram na investigação que levou a policia até os acusados, presos em Barra do Jacuípe. 

Todos estão detidos na 18ª Delegacia Territorial (Camaçari) à disposição da Justiça.



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Darlla Dutra Rodrigues Marcela da Silva Xavier Celso Augusto Daniel Alex Schomaker Bastos Thiago Augusto Silva Baggio Luana Neves Ribeiro Ana Carolina Antoniolli Alana Ezequiel Evandro Ramos Caetano Valdir Marques Paulo Cesar Fonteles de Lima Fábio Galhota Carlos Eduardo de Souza Garcia Felipe da Silva Gomes Tábata Conrado Geralda Lúcia Ferraz Guabiraba Victor Hugo da Silva Braga Liliane de Assis Lopes Julio César Pinto Lima Cidia Costa Cardoso Fábio Paulus
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS