Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

André Penin Santos de Lima (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 08/01/2012

Localização: Porto Velho (RO)

Data de Falecimento: 08/01/2012

Sexo: Masculino Masculino
 

O professor do curso de arqueologia da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), o paulistano André Penin Santos de Lima,  desaparecido desde 09 de janeiro de 2012, foi encontrado morto dentro do seu apartamento na tarde do dia 11/01. Penin chegou de férias no domingo (08/01). O porteiro do prédio onde o professor mora o viu entrando no prédio no domingo. Foi a última vez que Penin foi visto com vida.

O carro de Penin, um Honda Fit preto , placas EIO 2025, de São Paulo estava desaparecido. O carro possui um adesivo com sinais que identificam os moradores do condomínio. Apesar da polícia levantar a hipótese de suicídio, algumas fontes revelaram que o caso se encaminha para a possibilidade de latrocínio. Segundo estas mesmas fontes , havia sinais de estrangulamento e um forte cheiro de gás dentro do apartamento em que foi encontrado o corpo, no Residencial Pinhais, Bairro Aponiã na zona norte de Porto Velho.
 
Adriano Rodrigues de Melo Araújo, 19 anos, o principal suspeito pelo assassinato , foi preso na quinta (12/01) por agentes da Delegacia de Homicídios. Ele foi encontrado na casa da avó, num bairro da Zona Sul de Porto Velho. Na casa, além do Honda Fit de André Penin, estavam o celular e alguns objetos furtados da casa do professor. O suspeito  disse para os policiais, que ele e o professor  brigaram dentro do apartamento, ocasião em que teria aplicado uma “gravata” ,com o objetivo de sufocá-lo. Na sequência, o suposto assassino abriu os bicos de gás , para consumar o homicídio. 
O corpo seguiu à tarde(12/01) num vôo da TAM. Foi confirmado que o corpo será enterrado no Cemitério de Congonhas, zona sul de SP, amanhã (13/01), as 11 horas.
 
Com interesses acadêmicos voltados principalmente para indústrias líticas (lascadas e polidas) e sambaquis, recentemente passou a se envolver com Arqueologia Amazônica. Possuía graduação em História pela Universidade de São Paulo (2000) , graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998) , mestrado em Arqueologia pela Universidade de São Paulo (2005) e doutorado em Arqueologia pela Universidade de São Paulo (2010) .André Penin também foi Técnico em arqueologia da  Superintendência do IPHAN em São Paulo e da Superintendência do IPHAN em Santa Catarina, entre 2006 e 2009. Atualmente, além da UNIR, era professor colaborador da Universidade Estadual do Amazonas e Membro de corpo editorial da Veredas Amazônicas. 
 
A Reitoria da Fundação Universidade Federal de Rondônia decretou luto oficial no dia de hoje. Já chegaram a esta cidade 7 familiares entre pais, irmãos e outros parentes próximos para acompanhar as homenagens e os processos administrativos de desembaraço e liberação do translado. O corpo seguiu à tarde 12/01) num vôo da TAM. O corpo foi enterrado no Cemitério de Congonhas, zona sul de SP, em 13/01, as 11 horas. 
 
A reitoria da UNIR e a Superintendência do IPHAN em Rondônia emitiram nota de pesar pela morte de Penin.
 
Nota de Pesar IPHAN/RO
 
É com grande pesar que a Superintendência do Iphan em Rondônia, comunica o falecimento do arqueólogo André Penin ocorrido nesta capital, Porto Velho.
Penin já trabalhou nesta casa e sempre se pautou pela seriedade e dedicação.
A sociedade perde uma pessoa íntegra .
A ciência perde um grande pesquisador.
Superintendência do IPHAN em Rondônia
 
Nota de Pesar UNIR 
É com o mais profundo pesar que a Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e toda a comunidade acadêmica comunicam a morte do professor Doutor André Penin Santos de Lima, confirmada hoje pelas autoridades policiais de Rondônia. André Penin era professor da Unir desde 2009, onde exercia a função de vice-chefe do Departamento de Arqueologia. Sua partida precoce muito nos entristeceu, mas o legado de seu profissionalismo há de ser lembrado para sempre na universidade.
 
Professora Doutora Maria Cristina Victorino – Vice-Reitora no Exercício da Reitoria

Adriano Rodrigues de Melo Araújo, 19 anos, foi preso durante a madrugada de quinta-feira (12/01/2012) no Bairro Novo Horizonte, em Porto Velho. Ele confessou ter matado o professor de arqueologia da UNIR, professor Doutor André Penin dos Santos

O professor do curso de arqueologia da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), o paulistano André Penin Santos de Lima,  desaparecido desde 09 de janeiro de 2012, foi encontrado morto dentro do seu apartamento na tarde do dia 11/01. Penin chegou de férias no domingo (08/01). O porteiro do prédio onde o professor mora o viu entrando no prédio no domingo. Foi a última vez que Penin foi visto com vida. 

Adriano Rodrigues de Melo Araújo, 19 anos, o principal suspeito pelo assassinato , foi preso na quinta (12/01) por agentes da Delegacia de Homicídios. Ele foi encontrado na casa da avó, num bairro da Zona Sul de Porto Velho. Na casa, além do Honda Fit de André Penin, estavam o celular e alguns objetos furtados da casa do professor. O suspeito  disse para os policiais, que ele e o professor  brigaram dentro do apartamento, ocasião em que teria aplicado uma “gravata” ,com o objetivo de sufocá-lo. Na sequência, o suposto assassino abriu os bicos de gás , para consumar o homicídio. 

O corpo seguiu à tarde(12/01) num vôo da TAM. O corpo foi enterrado no Cemitério de Congonhas, zona sul de SP, em 13/01, as 11 horas.


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)

Digite as palavras abaixo:




Sandra Domingues em 24/07/2012 17:06
Lair, procurei na net alguma atualização sobre o caso e não encontrei. Você poderia por favor me passar qual foi o dia do julgamento, onde foi e qual a sentença, para que eu possa atualizar o caso? Obrigada


Lair em 21/07/2012 18:38
andre penin santos de lima X adriano rodrigues de mello araujo --julgamento já ocorreu. VC publicaria o resultado...... grata lair


Ide em 17/01/2012 15:27
Tristeza profunda com este pesar.Andre era um ser humano maravilhoso.Amava a vida e a Arqueologia, era humilde, dedicado professor, cumpridor de seus deveres, lutava por uma universidade melhor para todos, onde o pobre poderia aprender tanto quanto o rico.Ele era de uma dignidade profunda,decente, honrado e acima de tudo tinha uma moral ilibado, um carater reto.Perda como esta não há susbstituições.Este ladrão e assassino tem que ser preso o mais rapido possivel e julgado com rigor.Descanse em paz André, que DEUS o ilumine na sua morada eterna.


Laide De Lima em 16/01/2012 16:02
André era um homem digno, honrado, respeitava a todos e tratava todo mundo com respeito e consideração.era muito humilde para falar de si próprio, cultíssimo, tinha uma" paciência de Jô" com os menos afortunados culturalmente como eu.Conversar com ele era um banho de cultura,uma aula de iluminação e um grande prazer.

Marcelo Henrique Prade Giovanna dos Reis Costa Ana Carolina Domingos Cassino Paulo Alexandre Gomes Yago Batista de Souza Benedito Pereira Rabelo Márcia Valéria de Souza Francisco Gomes Fabiana Caggiano Paes João Cláudio Espinhara Brandão Vírgilio Augusto de Jesus Ike Cézar Gonçalves Juan de Moraes Orlando Enriquez Alves Gomes Nirvana Evangelista da Cruz Jaciene Ianca Farias dos Santos Daniel Pellegrine Pâmela Munique Valpato Vitor Gurman Gabriela Correia da Silva Aryane Thaís Carneiro de Azevedo Maria Joyce da Silva Braz
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS