Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Eveline Moreti Soares (Trânsito)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 20/08/2001

Localização: Santa Bárbara d’Oeste (SP)

Data de Nascimento: 11/03/1970 (31 anos)

Data de Falecimento: 20/08/2001

Sexo: Feminino Feminino
 

Por Lourdes Nunes, mãe de Luís Antonio Nunes Aceto que foi morto em 20/08/200, junto com a namorada Eveline Moreti Soares,  por Ivair dos Reis Gonçalves (Renner).

Em 20 de agosto de 2001, segunda-feira, manhã com muito sol, ideal para iniciar mais uma semana de trabalho e convivência familiar saudável, que toda mãe deseja e precisa para si e seus filhos. Nesse dia meu filho Luís Antonio Nunes Aceto, 34 anos, e sua namorada Eveline Moreti Soares, 31 anos,  voltavam de Piracicaba/SP para nossa casa em Campinas/SP. Eles viajavam em uma moto Honda NX 350 Sahara pela rodovia Luiz de Queiróz (SP-304) e, quando estavam próximos a Usina Furlan (em Santa Bárbara d’Oeste/SP), um carro BMW, que vinha em sentido contrário, em altíssima velocidade, atravessou a pista, matando o Luís e a Eveline. Seus corpos dilacerados ficaram espalhados no asfalto. Uma cena de horror...

O motorista insano, causador dessa tragédia é o cantor Renner. Ele disse nesse fatídico dia e continua afirmando ao longo do processo cível e criminal que aconteceu um acidente e “ACIDENTES ACONTECEM TODOS OS DIAS”.
 
Matar no trânsito dirigindo veículo sob efeito de bebida alcoólica, ou excedendo limites de velocidade, ou sem habilitação, ou fazendo racha, etc., não é acidente. É CRIME e a punição precisa ser mais rigorosa.
 
Nós, pais, mães, irmãos, família, amigos das vítimas de trânsito, esperamos dos nossos legisladores e governantes leis mais eficientes e imediatas para esses crimes. Temos urgência! A dor de quem perde um ente querido na barbárie do trânsito não pode esperar!
 
Os processos cível e criminal contra o Renner estão encerrados (trânsito julgado em 2011) no STJ (Brasília/DF) e não cabem mais recursos. Renner foi condenado por duplo homicídio culposo e ele deverá cumprir suas penas.

 

Por Lourdes Nunes, mãe de Luís Antonio Nunes Aceto que foi morto em 20/08/200, junto com a namorada Eveline Moreti Soares,  por Ivair dos Reis Gonçalves (Renner).

Em 20 de agosto de 2001, segunda-feira, manhã com muito sol, ideal para iniciar mais uma semana de trabalho e convivência familiar saudável, que toda mãe deseja e precisa para si e seus filhos. Nesse dia meu filho Luís Antonio Nunes Aceto e sua namorada Eveline Moreti Soares voltavam de Piracicaba/SP para nossa casa em Campinas/SP. Eles viajavam em uma moto Honda NX 350 Sahara pela rodovia Luiz de Queiróz (SP-304) e, quando estavam próximos a Usina Furlan (em Santa Bárbara d’Oeste/SP), um carro BMW, que vinha em sentido contrário, em altíssima velocidade, atravessou a pista, matando o Luís e a Eveline. Seus corpos dilacerados ficaram espalhados no asfalto. Uma cena de horror...

O motorista insano, causador dessa tragédia é o cantor Renner. Ele disse nesse fatídico dia e continua afirmando ao longo do processo cível e criminal que aconteceu um acidente e “ACIDENTES ACONTECEM TODOS OS DIAS”.
 
Matar no trânsito dirigindo veículo sob efeito de bebida alcoólica, ou excedendo limites de velocidade, ou sem habilitação, ou fazendo racha, etc., não é acidente. É CRIME e a punição precisa ser mais rigorosa.
 
Nós, pais, mães, irmãos, família, amigos das vítimas de trânsito, esperamos dos nossos legisladores e governantes leis mais eficientes e imediatas para esses crimes. Temos urgência! A dor de quem perde um ente querido na barbárie do trânsito não pode esperar!
 
Os processos cível e criminal contra o Renner estão encerrados (trânsito julgado em 2011) no STJ (Brasília/DF) e não cabem mais recursos. Renner foi condenado por duplo homicídio culposo e ele deverá cumprir suas penas.


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Marcela da Silva Xavier Luiz Carlos Soares da Costa Ledenir Clóvis Valente Júnior Manoel Maria da Conceição Junior Gelson Domingos da Silva  Tayná Adriane da Silva Diogo José Nogueira Dias Patrícia Lourival Acioli Vicente Yassuti Nakamatsu Vanessa Maria de Oliveira Kérsia Maia Porto Amorim Rafael de Paiva Freitas Patriota Natália Broglio Murillo Rosilene Maria da Silva Roberto Laudísio Curti Fernando Eidi Yoshida André Barros dos Santos Júnior Arnaldo Martino Dobscha Sérgio Luis Mendes Yago Batista de Souza Jorge Luís Lourenço
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS