Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Danilo Ryden Viana Merlini (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 09/11/2011

Localização: Franco da Rocha (SP)

Data de Nascimento: 00/12/2009 (1 ano)

Data de Falecimento: 09/11/2011

Sexo: Masculino Masculino
 

Danilo Ryden Viana Merlini, de 2 anos e 11 meses, foi estrangulado em Franco da Rocha (Grande São Paulo). 

Marcelo Gonçalves Silva, de 21 anos, foi preso na manhã do dia 10 de novembro de 2011 sob suspeita de ter matado o enteado, segundo a polícia, ele confessou ter estrangulado a vítima.

O crime ocorreu no dia 09 de novembro de 2011, quando a mãe da criança, que também tem 21 anos, e o padrasto registraram um boletim de ocorrência por desaparecimento. Na data, os dois disseram à polícia que não sabiam onde o bebê estava.
 
Os policiais saíram em diligência e descobriram que testemunhas tinham visto o padrasto com o menino após o horário em que o casal afirmou que ele tinha sumido.
 
Os dois foram chamados a prestar um novo depoimento na madrugada do dia 10/11 e o homem teria confessado o crime. De acordo com a polícia, ele disse que estrangulou a criança e jogou o corpo em um terreno baldio, depois de ter brigado com a mãe do bebê e sob o efeito de bebida alcoólica. A mulher disse que não sabia do crime.
 
Os dois foram presos e encaminhados ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Franco da Rocha. O caso foi registrado na delegacia da cidade.

Danilo Ryden Viana Merlini, de 2 anos e 11 meses, foi estrangulado em Franco da Rocha (Grande São Paulo). 

Marcelo Gonçalves Silva, de 21 anos, foi preso na manhã do dia 10 de novembro de 2011 sob suspeita de ter matado o enteado, segundo a polícia, ele confessou ter estrangulado a vítima.

O crime ocorreu no dia 09 de novembro de 2011, quando a mãe da criança, que também tem 21 anos, e o padrasto registraram um boletim de ocorrência por desaparecimento. Na data, os dois disseram à polícia que não sabiam onde o bebê estava.
 
Os policiais saíram em diligência e descobriram que testemunhas tinham visto o padrasto com o menino após o horário em que o casal afirmou que ele tinha sumido.
 
Os dois foram chamados a prestar um novo depoimento na madrugada do dia 10/11 e o homem teria confessado o crime. De acordo com a polícia, ele disse que estrangulou a criança e jogou o corpo em um terreno baldio, depois de ter brigado com a mãe do bebê e sob o efeito de bebida alcoólica. A mulher disse que não sabia do crime.
 
Os dois foram presos e encaminhados ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Franco da Rocha. O caso foi registrado na delegacia da cidade.

 



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Fernanda Lages Veras Hélio Barreira Ribeiro Maria Eduarda Dourado Lacerda Humberto José Figueiras Barrense Jeferson Iotti Rodrigo de Andrade Bezerra Evandro Pinto Ribeiro Matheus Favaro Freire Taiane Monteiro de Lima Humberto Barbosa Martins Ana Lucia Monteiro de Castro Gil Melo Sicuro Valdir Marques Pedro Branco Couto Rodrigues Lavínia Azeredo de Oliveira Gabriela Alves Nunes Daniel Pellegrine Luana Pepe Roberto Laudísio Curti Raquel Barros de Oliveira Samira Pires Ribeiro
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS