Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Maria Tatiana Barros de Oliveira (Latrocínio)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 10/10/2011

Localização: Guarulhos (SP)

Data de Nascimento: 25/10/1990 (20 anos)

Data de Falecimento: 10/10/2011

Sexo: Feminino Feminino
 

Maria Tatiana Barros de Oliveira, de 21 anos, comerciante de uma farmácia foi baleada na cabeça durante um assalto ao estabelecimento na Vila Barros, em Guarulhos, Grande São Paulo, na tarde do dia 10 de outubro de 2011. A atendente  foi socorrida em estado grave e encaminhada para o Hospital Geral de Guarulhos, a jovem não resistiu e morreu por volta das 19 horas.

PMs da 4ª Companhia do 15º Batalhão foram acionados, mas não detiveram nenhum suspeito. 

O assalto aconteceu pouco antes das 15h. Dois bandidos, passando-se por clientes, entraram no drogaria e, após fingirem estar interessados em algum produto, sacaram as armas a anunciaram o assalto. Um deles foi até o escritório do estabelecimento e voltou com cerca de R$ 25 mil; o outro manteve Tatiana refém até que o comparsa retornasse. Antes de fugir, um dos criminosos atirou contra a cabeça da vítima. Imagens das câmeras de segurança registraram a ação.

A polícia requisitou as imagens do circuito interno da farmácia para tentar identificar e prender os bandidos. O caso foi registrado no 6º Distrito Policial, do Jardim Bom Clima.
 
O corpo de Maria Tatiana Barros de Oliveira foi enterrado no fim da tarde desta terça-feira (11/10).
 
Maria Tatiana era a quarta Maria da família Barros Oliveira. Ela era a caçula de sete irmãos nascidos no Ceará. Em Guarulhos, eles estudaram e juntos construíram uma rede de cinco farmácias.
 
Maria Tatiana foi a última a fazer a viagem do Nordeste para São Paulo, em 2005. Era sócia de uma das lojas - a mesma onde ela foi morta com um tiro na cabeça, durante um assalto. Os pais saíram do Ceará para acompanhar o sepultamento.
 
A vítima tinha 21 anos e estava no ultimo ano da faculdade de farmácia. A formatura estava marcada para dezembro e já no ano que vem ela ia ser a profissional responsável pela loja onde o crime aconteceu.
 
Em 13/10/2011 a polícia identificou os dois suspeitos de terem assaltado e atirado contra Maria Tatiana Barros de Oliveira. Segundo o delegado titular do 6º DP, Edson Silveira, os suspeitos são menores de idade e estão foragidos. Os pais dos adolescentes foram localizados, já prestaram depoimento e reconheceram os filhos através de imagens.
 
Dia 26/10/2011 três menores foram presos em Parati, no Rio de Janeiro, suspeitos de matar Maria Tatiana Barros de Oliveira. Segundo informações da Polícia Militar do Rio de Janeiro, eles estavam escondidos em uma ilha de pescadores. 
 
Por Sandra Domingues, com informações do O Globo, Band e Estadão

Na fuga, um dos bandidos atirou na vítima, Maria Tatiana Barros de Oliveira, de 21 anos - Reprodução de imagem/TV Globo

Maria Tatiana Barros de Oliveira, de 21 anos, comerciante de uma farmácia foi baleada na cabeça durante um assalto ao estabelecimento na Vila Barros, em Guarulhos, Grande São Paulo, na tarde do dia 10 de outubro de 2011. A atendente  foi socorrida em estado grave e encaminhada para o Hospital Geral de Guarulhos, a jovem não resistiu e morreu por volta das 19 horas. 

PMs da 4ª Companhia do 15º Batalhão foram acionados, mas não detiveram nenhum suspeito. Imagens das câmeras de segurança registraram a ação.

A polícia requisitou as imagens do circuito interno da farmácia para tentar identificar e prender os bandidos. O caso foi registrado no 6º Distrito Policial, do Jardim Bom Clima.
 
Em 13/10/2011 a polícia identificou os dois suspeitos de terem assaltado e atirado contra Maria Tatiana Barros de Oliveira. Segundo o delegado titular do 6º DP, Edson Silveira, os suspeitos são menores de idade e estão foragidos. Os pais dos adolescentes foram localizados, já prestaram depoimento e reconheceram os filhos através de imagens.
 
Dia 26/10/2011 três menores foram presos em Parati, no Rio de Janeiro, suspeitos de matar Maria Tatiana Barros de Oliveira. Segundo informações da Polícia Militar do Rio de Janeiro, eles estavam escondidos em uma ilha de pescadores. 
 
Por Sandra Domingues, com informações do O Globo, Band e Estadão


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Diego Gonçalves Carvalho Sandra Ribeiro de Jesus Felipe Tsutomu Honorato Shiba Alexandre Thomé Ivo Rojão Murilo Rezende da Silva Lilian Maria dos Santos Patrícia Amieiro Branco de Franco Aline Cristina Faria Ramos Rachel Maria Lobo Genofre Vinícius Cesarino Elson Melo Rodrigo Lopes de Marcelos Ubiratan Guimarães Carlos Antonio de Paula Adrielly dos Santos Vieira Gaudêncio Nogueira Alex Hausch Rosileide Queiros de Oliveira Millena Freitas dos Santos Maria Joyce da Silva Braz Victor Hugo Deppman
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS