Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Gilcemara Machado Partelli Guzzo (Bala Perdida)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 07/08/2011

Localização: São Mateus (ES)

Data de Nascimento: 00/00/2008 (3 anos)

Data de Falecimento: 07/08/2011

Sexo: Feminino Feminino
 

Gilcemara Machado Partelli Guzzo, de 3 anos morreu na noite de 07 de agosto de 2011 ao ser vítima de uma bala perdida após um tiroteio, em uma praça no centro de São Mateus (ES), a 222 km de Vitória.

A troca de tiros foi protagonizada por duas gangues no momento em que o local estava lotado de moradores que acompanhavam eventos culturais em uma feira. Segundo a Polícia Militar (PM), sete pessoas ficaram feridas. A pequena Gilcemara estava acompanhada dos pais, que não teriam sido atingidos pelos disparos. Pelo menos oito suspeitos foram presos minutos após o tiroteio.

Segundo apurações iniciais da PM, as duas gangues são compostas por moradores de bairros diferentes e têm uma rixa antiga. Os disparos teriam partido de ambos os lados depois dos grupos se encontrarem na praça.
A PM também desconhece se entre os feridos há outras pessoas não ligadas às gangues. Já foi confirmada a hospitalização de pelo menos três vítimas.
Dois homens foram presos no dia 08/08/2011, por envolvimento no tiroteio entre gangues que resultou na morte da menina de apenas três anos. Um deles confessou a autoria dos disparos, segundo a polícia.
 
De acordo com a polícia, na hora do tiroteio, muitas pessoas estavam na praça. Uma feira livre funcionava no local. Um dos suspeitos do crime teria atirado quatro vezes contra as pessoas. A arma foi encontrada com um menor de 16 anos, que acusou um outro rapaz, de 18 anos, como autor dos disparos.
O jovem de 16 anos negou à policia a autoria do crime. Com os dois suspeitos, foram apreendidos celulares e drogas. No total, oito pessoas foram detidas e encaminhadas ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de São Mateus.
 
O velório da pequena Gilcemara Machado Partelli Guzzo aconteceu na segunda-feira (08) na Capela Mortuária, no centro de São Mateus. O enterro foi realizado às 8 horas de terça-feira (9), no cemitério do centro de São Mateus.
 
 

Balas Perdidas...quando isso vai ter fim?

 
O cantor, Leandro Sapucahy, expressou nessa linda música toda a realidade da dor de uma família que perde o seu ente querido, vítima de bala perdida...
 
"Pra nunca mais ver na TV outra mamãe chorar, sofrer...enxugue as lágrimas que rolam em pranto...Deus que cubra a todos com Sagrado Manto!"
 
Abaixo-assinado Movimento O Rio Pede Paz e Gabriela Sou da Paz juntos pelas Famílias Vítimas de Balas Perdidas
 
Por favor Assine e Divulgue a Petição Pública
 

Família chora a morte da criança, Gilcemara Machado Partelli Guzzo, de apenas 3 anos,  em tiroteio em São Mateus 

(Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Gilcemara Machado Partelli Guzzo, de 3 anos morreu na noite de 07 de agosto de 2011 ao ser vítima de uma bala perdida após um tiroteio, em uma praça no centro de São Mateus (ES), a 222 km de Vitória. A troca de tiros foi protagonizada por duas gangues no momento em que o local estava lotado de moradores que acompanhavam eventos culturais em uma feira. Segundo a Polícia Militar (PM), sete pessoas ficaram feridas.

Dois homens foram presos no dia 08/08/2011, por envolvimento no tiroteio entre gangues que resultou na morte da menina de apenas três anos. Um deles confessou a autoria dos disparos, segundo a polícia.

De acordo com a polícia, na hora do tiroteio, muitas pessoas estavam na praça. Uma feira livre funcionava no local. Um dos suspeitos do crime teria atirado quatro vezes contra as pessoas. A arma foi encontrada com um menor de 16 anos, que acusou um outro rapaz, de 18 anos, como autor dos disparos.

O jovem de 16 anos negou à policia a autoria do crime. Com os dois suspeitos, foram apreendidos celulares e drogas. No total, oito pessoas foram detidas e encaminhadas ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de São Mateus.



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Kaytto Guilherme Nascimento Pinto Pedro Henrique Marques Rodrigues Renata Aparecida Leite Fernando Iskierski Márcia Cristina Sales Militão Paulo Veronesi Pavesi Marcos Adriano Albuquerque Mirian Nunes Machado Cotias Cavalcanti Débora Regina Leme dos Santos Antônio Marcos Alves de Oliveira Dayane Silvestre Uliana Erika Pereira Seoane Ana Lucia Monteiro de Castro Fabiana Caggiano Paes  Pedro Lucas Barreto da Conceição Jorge Antônio Careli Suênio Rocha Melo Josenildo José Ferreira de Oliveira André Luíz de Andrade e Maciel Amanda Correia Vanessa de Vasconcelos Duarte
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS