Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Alcides do Nascimento Lins (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 05/02/2010

Localização: Pernambuco (PE)

Data de Nascimento: 00/00/1988 (22 anos)

Data de Falecimento: 05/02/2010

Sexo: Masculino Masculino
 

O crime, que chocou o Brasil, aconteceu em 5 de fevereiro de 2010. Conhecido nacionalmente após ter sido aprovado em 1º lugar da rede pública na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) em 2007, o estudante de Biomedicina Alcides do Nascimento Lins, 22, foi assassinado com dois tiros.

Acuado, João Guilherme Nunes da Costa, 29, o Guigo, suspeito do assassinato do estudante de Biomedicina Alcides do Nascimento Lins foi apresentado em 27/05/2010.

A Polícia Civil confirmou que o assassinato ocorreu por banalidade, uma vez que o acusado, juntamente com seu sobrinho de 16 anos, preso sete dias depois do crime, queriam executar um vizinho e amigo da vítima, conhecido por Saúba. Eles bateram à porta do alvo, que conseguiu se esconder e, “para não perder a viagem”, segundo explicou o delegado Izaías Novaes, decidiram executar Alcides. 
 
“Quando decidiram atirar em Alcides, eles sempre souberam que não era Saúba”, revelou Izaías Novaes. O universitário foi assassinado na frente dos familiares na Vila Santa Luzia, Torre. No dia do crime, segundo o delegado, o adolescente saiu para beber com Guigo. O garoto disse que teria levado um tapa de Saúba e queria “resolver a questão”, sugerindo a execução do alvo.
 
A dupla foi até à casa ao lado e encontraram Alcides e sua mãe, Maria Luiza Nascimento. Eles travaram discussão com os criminosos, culminando com o primeiro disparo, feito por Guigo.
“Depois de baleado, Alcides levantou a mão pedindo ajuda e Guigo disse ‘vai tu mesmo’, sem misericórida à vítima”, detalhou o delegado. “Nessa hora, o acusado voltou para a moto e disse: ‘vá lá e faça o segundo (tiro)’. E o sobrinho deu o tiro de misericórdia, completando o homicídio”, acrescentou.
 
Segundo o gestor do GOE, Cláudio Castro, a prisão de Severino Ramos Gonçalves, de 31 anos, o Siri, comparsa de Guigo, na segunda-feira, revelou o local onde Guigo estaria na tarde de 27/05.
“Na manhã de ontem, enviamos policiais para o local onde ele (Guigo) chegaria e ficamos na espera. Ele veio de táxi. Ao tentar sair do carro, fizemos abordagem rápida e segura, resultando na prisão”, contou Castro.
 
De acordo com o delegado Izaías Novaes, desde os dias após o sobrinho confessar a participação de João Guilherme, o acusado tinha os passos sendo monitorados pela polícia.
O policial revelou que Guigo conseguiu se esconder na casa de amigos e parentes nos municípios de Vitória de Santo Antão, Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes, onde foi preso. 
 
João Guilherme estava desarmado e tentou fugir, sendo contido pelos policiais. Com ele, os policiais encontraram uma cédula de identidade e CPF falsas. 
O taxista, de acordo com o delegado, não tem envolvimento com o acusado.
 
Em 14/06/2011, após mais de oito horas de julgamento, o júri popular decidiu que João Guilherme Nunes da Costa, 29 anos, é culpado pela morte do estudante de biomedicina Alcides do Nascimento Lins.
 
O juiz Ernesto Bezerra Cavalcanti determinou uma sentença de 25 anos, sendo 21 por homicídio e 4 por corrupção de adolescente. A maioria dos presentes aplaudiram a sentença. A mãe de Alcides, Maria Luiza do Nascimento, 45, que clamava pela pena máxima de reclusão, acompanhou todo o julgamento vestindo o jaleco branco por cima de uma camisa com a foto do filho.
 
Contra João Guilherme ainda há inquéritos por dois homicídios na Vila Santa Luzia e envolvimento em uma quadrilha de assaltos a bancos e tráfico de drogas. Nas duas vezes em que foi preso, ele conseguiu fugir da Penitenciária Agroindustrial São João. Na última, teria pago R$ 1.300 a PMs da penitenciária para facilitar a sua fuga e a de outros dois presos.
 
O adolescente que participou do homicídio do universitário cumpre medida socioeducativa na Funase de Abreu e Lima. A sentença da 4ª Vara da Infância e Juventude determinou que ele deve permanecer na unidade por três anos.
 
Por Sandra Domingues, com informações do G1, Diário de Pernambuco e Pe360 graus

Maria Luiza do Nascimento, mãe de Alcides do Nascimento Lins

Conhecido nacionalmente após ter sido aprovado em 1º lugar da rede pública na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) em 2007, Alcides do Nascimento Lins, 22 anos, foi morto em 5 de fevereiro de 2010. O acusado e um adolescente de 17 anos procuravam um vizinho do jovem. Como não o encontraram, assassinaram-no com dois tiros. 

Em 14/06/2011, após mais de oito horas de julgamento, o júri popular decidiu que João Guilherme Nunes da Costa, 29 anos, é culpado pela morte do estudante de biomedicina Alcides do Nascimento Lins, 22. 
 
Contra João Guilherme ainda há inquéritos por dois homicídios na Vila Santa Luzia e envolvimento em uma quadrilha de assaltos a bancos e tráfico de drogas. Nas duas vezes em que foi preso, ele conseguiu fugir da Penitenciária Agroindustrial São João. Na última, teria pago R$ 1.300 a PMs da penitenciária para facilitar a sua fuga e a de outros dois presos. João Guilherme já cumpria pena no Presídio Aníbal Bruno.
 
O adolescente que participou do homicídio do universitário cumpre medida socioeducativa na Funase de Abreu e Lima. A sentença da 4ª Vara da Infância e Juventude determinou que ele deve permanecer na unidade por três anos.
 
Por Sandra Domingues, com informações do G1, Diário de Pernambuco e Pe360 graus


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Halisson Vasconcelos Coradini  Carlos Eduardo Lira dos Santos Rampini Sidney Júnior Andrade Souza Liliane de Assis Lopes Karine Lorraine Chagas de Oliveira Nísio Gomes Thiago De Osti Cardoso Lopes Marcos Adriano Albuquerque Fábio Galhota Marcelo Henrique Prade Milena Bittencourt Pontes Rodrigo Lopes de Marcelos Kelly Cristina Rodrigues Natália Marina De Carli Marcelo Ribeiro Kuczmarski Ana Elizabeth de Oliveira Décio Sá Alessandra Mendes Maiara Natalie da Silva Lucas Vargas Terra Rodrigo Vieira
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS