Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Jennifer Marion Nadja Kloker (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 16/02/2010

Localização: Recife (PE)

Data de Nascimento: 00/00/1988 (22 anos)

Data de Falecimento: 16/02/2010

Sexo: Feminino Feminino
 

Jennifer Marion Nadja Kloker, 22 anos, foi morta, em 16 de fevereiro de 2010. Seu corpo foi encontrado pela polícia com três tiros no tórax às margens da BR-408, em São Lourenço da Mata (região metropolitana do Recife).

Os familiares dela haviam prestado queixa, afirmando que ela fora vítima de um sequestro seguido de um assalto. Em depoimento, eles disseram que a alemã foi levada pelos supostos assaltantes porque estava muito nervosa e gritava muito.
 
Conforme a investigação avançava, descobriu-se que o crime fora forjado por membros da própria família.
 
Três suspeitos confessaram o crime: Pablo e Ferdinando Tonelli, viúvo e sogro da vítima, respectivamente; e Alexsandro Neves, autor dos disparos, contratado pelos mandantes. Delma Freire, sogra, nunca admitiu culpa no caso e disse que só falaria em juízo. Ela encontra-se presa na Colônia Penal Feminina do Recife.
A reconstituição do crime ocorreu no dia 24 de março de 2010 e contou com a participação dos três suspeitos confessos. Sobre os resíduos de chumbo encontrados nas mãos de Pablo e Ferdinando, o gestor do Instituto de Criminalística, Roberto Nunes de Araújo, explicou que eles teriam apertado a mão de Alexsandro Neves após o crime.
 
A família morava na Itália com o filho do casal - que tem quatro anos e está vivendo na Itália com a irmã de Pablo - e estava no Recife para passar o carnaval. De acordo com a investigação da Polícia Civil, o crime foi articulado por Delma e tinha como principal motivação o pagamento de um seguro de vida em nome dela feito por Ferdinando Tonelli no valor equivalente a R$ 1,5 milhão.
 
O Júri Popular, do caso Jennifer Kloker, que aconteceria nos dias 27 e 28 de julho, novamente não aconteceu, já havia sido suspenso em 24/05/2011 pelo juiz Djaci Salustiano por volta das 10h30 da manhã.
 
O julgamento aconteceu no dia 10/12/2012 no Fórum Paulo André Dias da Silva, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife.
 
Quase três anos depois, o Caso Jennifer começa a ter um desfecho. Delma Freire, Pablo Richardson, Ferdinando Tonelli e Dinarte Medeiros foram condenados pela morte da alemã Jennifer Kloker.
 
Delma, 51 anos, apontada como mentora e mandante do crime, foi condenada por homicídio duplamente qualificado, formação de quadrilha e fraude processual. A sogra de Jennifer ficou com a maior pena, 32 anos em regime fechado. Desses, ela já cumpriu mais de dois, pois está presa desde a época das investigações policiais.
 
Pablo, 24, e Ferdinando Tonelli, 47, foram condenados a 25 anos e 6 meses por homicídio duplamente qualificado e formação de quadrilha. Eles estão presos no Complexo Prisional Professor Aníbal Bruno desde 2010. Já Dinarte Medeiros, 42, que respondeu o processo livre, pegou 14 anos e 4 meses por homicídio e formação de quadrilha.
 
Após a leitura da pena, o promotor pediu a palavra para requisitar, em nome do Ministério Público, o recolhimento, em definitivo, do passaporte de Delma, Pablo e Ferdinando. Rabelo disse que também pede que a Embaixada Italiana seja comunicada.
 
A votação do júri popular pela condenação dos quatro réus foi feita nesta quinta-feira (13). O Conselho de Sentença - formado por seis mulheres e um homem - votou pela condenação de todos eles. O quinto réu, o suposto atirador Alexsandro Neves, teve o julgamento adiado. Ele só vai ser julgado em 27 de fevereiro de 2013.
 
Por Sandra Domingues, com informações do Diário de Pernambuco, Pe360 graus e ME

Dema Freire, Ferndinando Tonelli, Pablo Tonelli e Dinarte de Medeiros foram considerados culpados pela morte da alemã Jennifer Kloker

Jennifer Marion Nadja Kloker, 22 anos, foi morta, em 16 de fevereiro de 2010 no Recife por causa de um seguro no valor de R$ 1,5 milhão. Os acusados de serem os mandantes do crime são o marido, sogro e sogra da jovem.

O Júri Popular, do caso Jennifer Kloker, que aconteceria nos dias 27 e 28 de julho, novamente não aconteceu, já havia sido suspenso em 24/05/2011 pelo juiz Djaci Salustiano por volta das 10h30 da manhã.
 
O julgamento aconteceu no dia 10/12/2012 no Fórum Paulo André Dias da Silva, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife.
 
Quase três anos depois, o Caso Jennifer começa a ter um desfecho. Delma Freire, Pablo Richardson, Ferdinando Tonelli e Dinarte Medeiros foram condenados pela morte da alemã Jennifer Kloker.
 
Delma, 51 anos, apontada como mentora e mandante do crime, foi condenada por homicídio duplamente qualificado, formação de quadrilha e fraude processual. A sogra de Jennifer ficou com a maior pena, 32 anos em regime fechado. Desses, ela já cumpriu mais de dois, pois está presa desde a época das investigações policiais.
 
Pablo, 24, e Ferdinando Tonelli, 47, foram condenados a 25 anos e 6 meses por homicídio duplamente qualificado e formação de quadrilha. Eles estão presos no Complexo Prisional Professor Aníbal Bruno desde 2010. Já Dinarte Medeiros, 42, que respondeu o processo livre, pegou 14 anos e 4 meses por homicídio e formação de quadrilha.
 
Após a leitura da pena, o promotor pediu a palavra para requisitar, em nome do Ministério Público, o recolhimento, em definitivo, do passaporte de Delma, Pablo e Ferdinando. Rabelo disse que também pede que a Embaixada Italiana seja comunicada.
 
A votação do júri popular pela condenação dos quatro réus foi feita nesta quinta-feira (13). O Conselho de Sentença - formado por seis mulheres e um homem - votou pela condenação de todos eles. O quinto réu, o suposto atirador Alexsandro Neves, teve o julgamento adiado. Ele só vai ser julgado em 27 de fevereiro de 2013.
 
Por Sandra Domingues, com informações do Diário de Pernambuco e Pe360 graus 


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Lucas Vargas Terra Emily Guedert de Araújo Diego Gonçalves Carvalho Décio Sá Aston Alisson da Silva Carlos Magno Oliveira Rodrigo Brisola Meira Maristela Ferreira Just Breno Luigi Silvestrini de Araújo  Marcela Naiane Alves dos Santos Bruna Giovana De Siqueira Fontoura Rodrigo Paulo Neves Cardoso Raíssa Tainara Rosa de Lima Danilo Ramos Ribeiro Sirlei Dias Carvalho Pinto Juliana Vania de Oliveira Celso Augusto Daniel Kauê Abreu dos Santos Thiago Klemtz de Abreu Pessoa Jhony Azeredo da Silva Coutinho Rafael Abbatipietro Nunes Rosa
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS