Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Maycon William Entringer (Trânsito)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 25/04/2009

Localização: Marechal Floriano (ES)

Data de Nascimento: 00/00/1990 (19 anos)

Data de Falecimento: 25/04/2009

Sexo: Masculino Masculino
 

Maycon William Entringer, 19 anos, jovem baterista da Igreja Cristã Maranata, foi vítima de um acidente automobilístico provocado por um pedreiro embriagado.

Maycon William Entringer morreu numa colisão entre um carro e a moto que conduzia na noite de sábado, 25/04/2009,  na cidade de Marechal Floriano-ES.

O corpo de Maycon sofreu mutilações: no forte impacto uma das pernas do jovem foi decepada. Ele seguia do Sítio Maanaim, na região do Caracol, divisa de Marechal Floriano e Domingos Martins, para sua casa. O baterista participaria do culto das 19 horas da Igreja Maranata do centro de Marechal Floriano.
 
Maycon conduzia a motocicleta Honda, placa MPX 3388, de Marechal Floriano, que foi atingida pelo Fiat Elba, placas MRP 3797, da mesma cidade, conduzido pelo pedreiro Luiz Carlos Pereira, de 45 anos. A forte colisão provocou a perda de uma perna de Maycon.
 
O pedreiro confessou que bebeu cachaça antes de sair com o carro em direção à Vitória. O exame de bafômetro constatou o que ele mesmo havia mencionado: o resultado do aparelho foi 0,72 miligramas por litro de ar expelido pelos pulmões, conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
 
Luiz Carlos foi preso pelos agentes da PRF Amaral e Pretti e em seguida foi conduzido ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Cariacica. O jovem Daniel Luiz da Silva Júnior, que estava na garupa da moto de Maycon, foi internado no Hospital São Lucas em estado grave e teve uma perna dilacerada na batida, obrigando os médicos a proceder a uma cirurgia de amputação. 
 
A perda de Maycon, de acordo com César Firme, é irreparável tanto para as famílias florianenses, a dele própria, quanto para a comunidade evangélica que frenquentou enquanto viveu. “Ele se realizava sentado na frente da bateria do grupo de louvores. Criatura perfeita em todos os sentidos. Conhecemos o menino profundamente e acreditamos que alcançou com plenitude o seu grande objetivo: a salvação”, completou.
 
O pai de Maycon, Adailson Entringer, comentou que conhece o homem que provocou a morte do filho e é testemunha de como ele se comporta ao volante. “Sempre dirigiu em alta velocidade pela rua onde ele e nós morávamos. Vamos orar para que não volte a acontecer fato semelhante com outra família", desabafou. 
 
Segundo informações no DPJ de Cariacica, foi estipulada uma fiança de R$ 1,5 mil para liberação do motorista. Luiz Carlos deixou o local para onde foi conduzido preso no domingo, 26/04/2009.
 
Caminhada lembra os 3 anos da morte de Maycon
 
“Junte-se a nós e venha pedir a paz!”. Este foi o tema da 3ª Caminhada por Justiça e Paz no Trânsito, que aconteceu em 1º de maio nas ruas de Marechal Floriano e Rodovia BR-262. O evento lembrou o jovem Maycon William Entringer, vítima de um acidente automobilístico provocado por um pedreiro embriagado.
 
A organizadora do movimento pacífico, Bernadete Tschaen, a “Dete”, mãe de Maycon, lembra que já completaram nesta semana – no dia 25 de abril –  três anos da morte do jovem.
 
O objetivo da caminhada, segundo Dete, foi de atrair a atenção das autoridades e políticos do Brasil para que sejam criadas leis com mais rigidez e punições severas para quem for flagrado ao volante com sinais de embriaguez. “O homem que matou o meu filho vive em Marechal Floriano. Anda para todos os lados como se não tivesse acontecido absolutamente nada”, disse revoltada a mãe de Maycon.

Bernadete Tschaen, a “Dete”, mãe de Maycon

 Luiz Carlos Pereira, de 45 anos foi o responsável pela morte de Maycon William Entringer ao dirigir embriagado.

Maycon William Entringer, 19 anos, jovem baterista da Igreja Cristã Maranata, foi vítima de um acidente automobilístico provocado por um pedreiro embriagado.

Maycon morreu numa colisão entre um carro e a moto que conduzia na noite de sábado, 25/04/2009,  na cidade de Marechal Floriano-ES.

O pedreiro Luiz Carlos Pereira confessou que bebeu cachaça antes de sair com o carro em direção à Vitória. O exame de bafômetro constatou o que ele mesmo havia mencionado: o resultado do aparelho foi 0,72 miligramas por litro de ar expelido pelos pulmões, conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
 
Segundo informações no DPJ de Cariacica, foi estipulada uma fiança de R$ 1,5 mil para liberação do motorista. Luiz Carlos deixou o local para onde foi conduzido preso no domingo, 26/04/2009.
 
Caminhada lembra os 3 anos da morte de Maycon
 
“Junte-se a nós e venha pedir a paz!”. Este foi o tema da 3ª Caminhada por Justiça e Paz no Trânsito, que aconteceu em 1º de maio nas ruas de Marechal Floriano e Rodovia BR-262. O evento lembrou o jovem Maycon William Entringer.
 
A organizadora do movimento pacífico, Bernadete Tschaen, a “Dete”, mãe de Maycon, lembra que já completaram nesta semana – no dia 25 de abril –  três anos da morte do jovem.
 
O objetivo da caminhada, segundo Dete, foi de atrair a atenção das autoridades e políticos do Brasil para que sejam criadas leis com mais rigidez e punições severas para quem for flagrado ao volante com sinais de embriaguez. “O homem que matou o meu filho vive em Marechal Floriano. Anda para todos os lados como se não tivesse acontecido absolutamente nada”, disse revoltada a mãe de Maycon.


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Yasmim Aline Entringer - Irmã De Maycon em 09/05/2011 13:30
Quero muito agradeçer a homenagem que foi feita ao Maycon. Pois Ele era um Anjo e jamais será esquecido. O amor sera ETERNO, as lembranças de todos os momentos que passamos juntos de cada sorriso, cada brincadeira, que será guardada eternamente em nossos corações... Um jovem sonhador que teve sua vida interompida por um MOTORISTA BÊBADO. Maycon Willian Entringer, seu lindo sorriso jamais se apagara. ...No dia 18/07/1989 Nasceu uma Estrela, e no dia 25/04/2009 ela foi Brilhar lá no Céu... "Para Sempre Vou Te Amar"

Cíntia Cardoso Pinheiro Wellington Cardoso Ferreira Eugênio Bozola Fabrício Heron Rosileide Queiros de Oliveira Sérgio Porfírio Cardoso Rodrigo Macedo Silva Matthwes Eric Jones Eduardo da Silva Oliveira Roberta Yuri Yoshifusa Dario Luiz Scherner Dyenifer Aparecida Costa dos Santos Emerson Ferreira Porto João Cláudio Espinhara Brandão Luiza Paula da Silveira Machado João Cláudio Cardoso Leal Cely Vidal Flávia Anay de Lima Darlla Dutra Rodrigues Priscila Vieira Belfort Janaína Brito Conceição
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS