Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Rodrigo Lopes de Marcelos (Trânsito)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 30/08/2008

Localização: Vila Velha (ES)

Data de Nascimento: 12/06/1988 (20 anos)

Data de Falecimento: 30/08/2008

Sexo: Masculino Masculino
 

Por Mariana Lopes, irmã de Rodrigo Lopes de Marcelos

Há dois anos, Rodrigo Lopes de Marcelos foi atropelado e morto, de forma covarde e brutal, em um posto de gasolina por Gabriela Bernadino dos Santos e Maurício Joviniano Sonegheth.

De acordo com o inquérito policial, Gabriela era quem dirigia o veículo e não possuía habilitação. Os dois estavam alcoolizados e omitiram socorro ao Rodrigo.
Até hoje Gabriela e Maurício estão soltos e IMPUNES.
Passaram dois anos e o processo ainda se arrasta na Justiça. Até quando vamos ter que esperar?
A Lei Seca entrou em vigor para punir severamente ou para arrecadar dinheiro?

Do Ocorrido

O universitário Rodrigo Lopes de Marcelos,  20 anos, estava com um amigo, encostado em um carro em frente a loja de conveniência do posto de gasolina, por volta das 5h da madrugada do sábado, dia 30/08/2008, quando a estudante de gastronomia, Gabriela Bernardino dos Santos, 27 anos, teria entrado no veículo de um amigo e realizado uma manobra brusca, conhecida como cavalo de pau, atingindo o universitário que acabou morrendo.

No acidente, ele foi arrastado por cerca de seis metros e prensado entre dois outros veículos. Rodrigo foi socorrido, mas morreu ao dar entrada no Hospital Santa Mônica. Gabriela fugiu do local a pé, após o acidente.

O carro que atingiu o estudante é do contador Maurício Sonegheti, 34 anos. Ele tinha conhecido Gabriela há apenas uma semana em uma sala de bate-papo, na internet. Antes da tragédia, os dois tinham voltado de um restaurante, na Praia da Costa. Lá já tinham ingerido bebidas alcoólicas. No posto, compraram Ice e várias cervejas.
 
Gabriela não tinha carteira de motorista. "A vitória sempre vem da luta. Queremos que a Justiça prevaleça. Se alguém ingere bebidas alcoólicas antes de dirigir, ainda mais sem habilitação, tem que arcar com as consequências. Ela interrompeu a vida do meu filho e tem que pagar por isso", cobra o pai de Rodrigo.
 
O universitário teria completado 21 anos, no dia 12 do mês de junho de 2010, caso estivesse vivo. "Que a Justiça prevaleça e que a morte do meu filho, possa, de alguma maneira, servir como exemplo para jovens incosequentes", salienta o matemático Guilherme Melgaço.
 
Acusados teriam bebido ices e cervejas
 
O titular da Delegacia de Delitos de Trânsito, Fabiano Contarato, ressaltou, dias após o acidente, que as bebidas consumidas pela estudante de Gastronomia Gabriela Bernardino dos Santos e pelo contador Maurício Sonegheti foram compradas na loja de conveniência do Posto Coqueiral, em Vila Velha.
 
"No primeiro depoimento, Maurício informou que não tinha bebido. Ele voltou atrás e contou que eles tomaram ice (bebida à base de vodca) e cervejas compradas na loja de conveniência do posto. Isso é contra a lei. Esses estabelecimentos são proibidos de vender bebidas alcoólicas", ressaltou Fabiano Contarato.
 
A Justiça ainda não definiu uma data para o julgar a estudante de gastronomia Gabriela Bernardino dos Santos e o contador Maurício Sonegheti acusados de participação na morte do estudante Rodrigo Lopes de Marcelos
 
Segundo a assesseria de comunicação do fórum de Vila Velha a inscrição do processo não foi finalizado na 4ª Vara Criminal do município. Por conta disso, também não há uma definição para saber se os réus irão a júri popular ou se setença será dada pela juíza Ana Amélia Bezerra.
 
Caminhada
 
No sábado (01/05/2010), amigos e familiares do universitário realizaram uma caminhada às 15h30 na orla da Praia da Costa. A ideia do protesto foi de pedir rapidez da Justiça para julgar os acusados e chamar a atenção da população para que Gabriela e Maurício não saiam impunes.
 
Gabriela não possuía habilitação e fugiu do local a pé. Os dois teriam ingerido álcool em bares de Vila Velha antes do atropelamento.
Eles foram indiciados pelo crime de homicídio com dolo eventual, mas Gabriela só ficou presa por cinco dias. 
 
3 anos da morte do jovem Rodrigo Lopes de Marcelos
 
Familiares e amigos farão uma manifestação, no próximo sábado, dia 13 de agosto, às 15h na Orla da Praia da Costa, em Vila Velha-ES, para relembrar a Impunidade na morte do Jovem Rodrigo Lopes de Marcelos
 
O encontro dos manifestantes será em frente ao Hotel Pasargada, situado na Av. Gil Veloso, número 1856.
 

Rodrigo Lopes de Marcelos e a irmã Mariana

'Mamãe hoje chora a morte de um filho do bem, assassinado, e não de um filho assassino'

Gabriela Bernardino não possuía habilitação e fugiu a pé do local.

O contador Maurício Sonegheti deixa a 4ª Vara Criminal de Vila Velha, na Prainha

Familiares de Rodrigo Lopes de Marcelos em frente à 4ª Vara Criminal de Vila Velha pedem por justiça

Em 30 de agosto de 2008, Rodrigo Lopes de Marcelos,  20 anos, estava em um posto de gasolina quando foi atingido pela estudante Gabriela Bernardino dos Santos, 27. Ela não tinha habilitação e estava ao lado do proprietário do veículo, Maurício Sonegheti, 34. No acidente, a vítima foi arrastada por cerca de seis metros e prensada entre dois outros veículos.

Gabriela não possuía habilitação e fugiu do local a pé. Os dois teriam ingerido álcool em bares de Vila Velha antes do atropelamento.
Eles foram indiciados pelo crime de homicídio com dolo eventual, mas Gabriela só ficou presa por cinco dias. 


Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Leo Seoldo em 24/08/2012 15:01
Triste demais ter o filho assassinado... Deus ajude a família... Qualquer pena para a assassina será pouca. Aos mantenedores do site: Lembro sempre da Gabriela. Morava na Tijuca na época do crime. Hj tb sou pai de uma menina, e quero para ela a paz que vcs, pai e mãe da Gabriela, querem para o mundo. Parabéns por manterem sua filha viva no coração.


Claudinha.sants@hotmail.com em 25/01/2012 21:47
O ASSASSINO TA SOLTO NUM BAR BEBENDO E SE DROGANDO. A JUSTICA NAO FAZ NADA, NADA MESMO COM UM BAR EM COQUEIRAL DE ARACRUZ ENTRE A PRAIA E A PISTA DIRIGINDO UM SANTANA PRATA NINGUÉM FAZ NADA, NADA . TEL DE LÁ É 2501174. ACHE ESTE ASSASSINO


Claudinha.sants@hotmail.com em 02/01/2012 18:43
veja bem acho um desastre o que aconteceu com rodriga mas veja bem o assasino esta com um restaurante em coqueiral de aracruz da beira da pista fazendo do restaurante dele um ponto de droga ainda bebendo tdas e saindo impuni com um carro na beira da pista o telefone de la e 32501174 impunidade ao assino mauricio joviano brotto sonegheti ainda dirigi e se droga e bebebi tdas


Carlos Andrade em 30/09/2011 10:05
Enquanto a familia sofre com a perda de seu familiar GABRIELLA BERNARDINO vive sua vida numa boa fazendo viajen, em porta de bares bom continua fazendo tudo do msm jeito indo para todas as baladas e sem nem um pingo de remorçooooo pq ela~não tem amor nem a si mesmo. Si quiserem conferir é so ir a barra de são francisco.


Fabio Still em 09/05/2011 11:31
Infelizmente, a justiça nesse país só beneficia os corruptos, bandidos e ricos. Taí mais uma família que sofre a dor da impunidade. Não ver nada do que aparece nas campanhas de governo seja federal ou estadual, e só balela! Enquanto vereadores e deputados ficam criando leis banais, poderiam simplesmente corrigir as que já existem, que não trazem nada de justo para sociedade. Meu apoio a família do Rodrigo.


Claudia Ligocki em 09/05/2011 02:46
Compartilhei os momentos de dor da família pela perda do Rodrigo, foi a situação mais marcante da minha vida. Tenho acompanhado os reflexos desta perda, irreparável, na vida da família dele, meus queridos amigos....alguns danos somente a justiça feita irá amenizar! Não podemos nos calar, nos cegar diante da morosidade da justiça neste país! Não podemos conviver com a tristeza das famílias que perdem seus entes pela violência e irresponsabilidade no trânsito! Não podemos nos omitir à dor alheia! Nos posicionarmos é um exercício de amor, ética, moral, cidadania e solidariedade. Façamos nossa parte....


Katia Castro em 07/05/2011 16:00
Não é mais possivel conviver com tanta impunidade nesse nosso país, Rodrigo era amigo de meu filho desde bem novinho, menino lindo cheio de vida e saude. Não está mais entre nós e os que provocaram a morte dele estão curtindo, sorrindo e ainda bebendo pelos bares da vida. E a familia de Rodrigo?? Que Deus abençoe os pais as mães que perderam seus filhos ....... Katia Castro


Eliete A. Nunes em 05/05/2011 11:11
Sou amiga da família. Sofremos muito por tudo. Tenho certeza que não ficará impune. Lili, Tuquinha e Liza, torcem por isso também. Saudades.


Isabela Passos em 04/05/2011 15:56
Saudades amigo!!! Que a justiça seja feita e LOGO....


Jorge em 04/05/2011 15:55
O Caso Rodrigo realmente emociona, não somente pelo fato em si, já que o mesmo foi ceifado do seio familiar ainda bem jovem, de maneira tão estúpida e despropositada, mas também pela luta de seus entes queridos em busca de JUSTIÇA. Toda a família de Rodrigo se apresenta incansável no acompanhamento o processo, que se arrasta em longa maratona por mais de 02 anos e meio, sendo que a cada passo estamos mais próximos de seu desfecho, que certamente será a punição para os seus algozes.


Lorenalopes em 04/05/2011 15:26
Sinto falta do meu tio tem que ter justiça!!!!


Danilo Dourado Lages em 04/05/2011 10:57
Devemos cobrar uma Justiça célere, ainda mais num caso de homicídio doloso. Os réus devem ser pronunciados e ir ao tribunal do júri já! Esperamos ansiosamente pela condenação deles, para pagar o que fizeram não só ao Rodrigo, mas à sua família e aos seus amigos!


Cristina Osorio em 04/05/2011 08:05
Conheço Mariana e conhecia o Rodrigo. Sei como era grande o amor que eles tem em família. Coisa rara de acontecer. Infelizmente algumas pessoas inconsequentes destrói isso e precisa ser punido. Força a todos na luta contra a impunidade!


Mariana Lopes em 03/05/2011 19:07
Hoje sofremos a dor da ausência e a dor da impunidade. Sabemos q o meu mano não voltará, já está nos braços do pai, mas não é justo q os culpados fiquem impunes. Vamos lutar por justiça...é um direito NOSSO! Os assassinos estão soltos...mas creio q a justiça prevalecerá e os dois irão pagar por tirar a vida de um jovem tão lindo, cheio de vida, amado por toda a família. Q todos nós possamos clamar pela justiça dos homens. NÃO VOU CALAR! QUERO JUSTIÇA NO CASO DO MEU IRMÃO!

Rhafick Tavares da SIlva Câncio Telma Veloso Pinto Daniela Cristina Costa Nery Carlos Murilo de Almeida Gislaine Aparecida Gonçalves Mercia Mikie Nakashima Rodrigo Vale Fonseca Alexandre Thomé Ivo Rojão Francisco Ferreira Oliveira Neto  Ricardo Prudente de Aquino Amanda Rossi Bruno Fonseca de Almeida Ronaldo de Carvalho Pinto Celso Augusto Daniel Lewis Anthony Fernanda Tripodi Matthwes Eric Jones Sidney Júnior Andrade Souza Humberto Barbosa Martins Juliana de Godoy Pereira Orlando Enriquez Alves Gomes
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS