Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Rufino Gomes Araújo Neto (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 25/01/2011

Localização: João Pessoa (PB)

Data de Nascimento: 00/00/1984 (27 anos)

Data de Falecimento: 25/01/2011

Sexo: Masculino Masculino
 

O professor de Educação Física e lutador de Jiu-Jítsu, Rufino Gomes Araújo Neto, 27 anos, mais conhecido por “Morceguinho”, foi executado com três disparos de arma de fogo em João Pessoa. O crime aconteceu por volta das 22h20 da noite de 25/01/2011, no bairro do Bessa.

Segundo informações do tenente Márcio, da 4ª Companhia, em Cabedelo, Rufino Gomes tinha saído da Academia onde trabalhava como professor. No momento em que trafegava em sua moto traxx pela Avenida Afonso Pena, a vítima foi surpreendida por desconhecidos que estavam em um carro e uma moto.
Os desconhecidos que estavam no carro trancaram a moto do lutador enquanto que os homens de moto se aproximaram e efetuaram os tiros. Rufino Gomes foi atingido com um tiro na cabeça e dois nas costas. Mesmo gravemente ferido ele conseguiu atravessar a rua e caiu morto no cruzamento das Ruas Afonso Pena com a Campos Sales.
Nas primeiras investigações, a polícia já descartou a possibilidade de latrocínio (matar para roubar) porque nada foi levado da vítima. “Ele estava com a mochila nas costas e com todos os seus pertences”, comentou o tenente Márcio. A única informação que a polícia tem agora para tentar explicar o assassinato seria uma confusão que o professor teve com desconhecidos no último final de semana durante o Fest Verão, ocorrido em Intermares.
 
Quase três meses de investigação, mais de dez pessoas interrogadas e a polícia concluiu o inquérito policial indiciando os três jovens acusados de assassinar o lutador de jiu-jitsu Rufino Gomes de Araújo Neto, conhecido como Morceguinho. O trabalho foi coordenado pelo delegado Isaías Gualberto, titular da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa, que afirma que o fisioterapeuta e empresário Danilo Calvacanti Vieira, mais conhecido por Danilo Godoy, o estudante de Medicina Veterinária Eduardo Cavalcanti Ramos de Carvalho e o estudante de Medicina Jocelino Ramos de Carvalho participaram efetivamente da execução de Morceguinho. 
 
O empresário e fisioterapeuta Danilo Godoy é um dos acusados do crime.
 
"Eles arquitetaram e premeditaram o assassinato de Rufino e executaram ele dois dias após a briga que se envolveram durante o Fest Verão. Os três participaram efetivamente do crime", revelou o delegado. Antes mesmo da conclusão do inquérito, a Justiça já havia decretado a prisão temporária dosacusados, porém, eles continuam foragidos. "Os três têm um poder aquisitivo muito alto e isso dificultou as diligências. As famílias dos acusados têm poder na região de Bom Conselho, em Pernambuco, onde moram, e muitos policiais que atuam naquela área são parentes deles", destacou Isaías Gualberto.
 
O assassinato de Morceguinho foi planejado pelos jovens após uma briga que se envolveram com o grupo de amigos do lutador, que roubou uma garrafa de uísque dos pernambucanos. "Um dos acusados, o Eduardo, sofreu lesões graves e teve derrame no olho, equimose e hematomas espalhados pelo corpo. Ele foi espancado por várias pessoas, mas o principal agressor teria sido o Rufino", explicou Isaías Gualberto, com base no que foi apurado durante as investigações. Após terem apanhado do lutador e dos amigos que estavam com ele durante o show, Eduardo, Danilo e Jocelino começaram a planejar o crime.
 
A vingança aconteceu dois dias depois. Rufino saiu da academia "Toca do Lutador", onde dava aula de artes marciais, e voltavapara casa numa motocicleta de 50 cilindradas quando foi abordado por um veículo de cor prata, que provocou uma colisão para derrubá-lo no chão. Um carro de cor prata e uma moto vermelha também chegaram ao local e quando Morceguinho percebeu que os rapazes que estavam nos veículos eram os mesmos que tinham brigado com ele no Fest Verão, ainda tentou fugir, mas acabou sendo atingido no tórax com um dos tiros que foram disparados pelos rapazes.
 
Rufino Gomes era casado e pai de uma menina de dois anos de idade. O assassinato do atleta chocou não apenas familiares e amigos mais próximos, mas também os alunos, que se espelhavam no exemplo de um atleta que vivia pelo jiu-jitsu e que, através do esporte, virou destaque no cenário paraibano e brasileiro. O advogado Abraão Beltrão, que assumiu a defesa dos três envolvidos na morte de Morceguinho, ainda não informou sobre quando irá apresentar os acusados.
 
Três acusados foram denunciados pelo Ministério Público. Entre eles, o empresário Danilo Goidoy, que teve até foto exposta em cartazes como “Procurado”. Menos de dois anos depois, quem poderia imaginar que o próprio Godoy estaria fazendo questão de divulgar sua próprio foto? Mas está sim. Foto e número. Ele é candidato a prefeito em Bom Conselho, agreste pernambucano, pelo PSDB. E lidera as pesquisas, prometendo melhorar a vida dos habitantes da cidade.
 
Impunidade e Vergonha Nacional
 
Um dos acusados de participar da morte do professor de artes marciais Rufino Gomes, conhecido como “Morceguinho”, foi eleito prefeito da cidade de Bom Conselho, no Estado de Pernambuco. O empresário Dannilo Godoy responde pela prática de homicídio duplamente qualificado por motivo torpe.
 
De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dannilo Godoy ( PSDB) foi eleito no domingo (08/10/2012), com 11.017 votos o que correspondente a 48,05% dos votos válidos. De família tradicional, Godoy liderada pesquisas de intenção de voto no município prometendo melhorar a vida dos munícipices.
 
A campanha do empresário foi motivo de críticas nas redes sociais e recebeu milhares de compartilhamento dos amigos do professor que repudiaram a liderança de Godoy a Prefeitura de Bom Conselho.
 
Ele chegou a ter a prisão preventiva decretada pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, mas sua assessoria jurídica conseguiu uma liminar para responder em liberdade. Além de Godoy, responde pelo crime Jocelino Ramos e Eduardo Cavalcante
 

 Comoção durante o enterro de Rufino. Foto: Marco Pimentel

O lutador Rufino Gomes Araújo deixa esposa Karine e uma filha de 1 ano e 8 meses.

Rufino e o pai Roberto Faria de Araújo 

Morceguinho recebendo o primeiro grau na faixa preta de Leo Vieira.
Foto: Aquivo pessoal

Caminhada pela Paz, Esposa e Filhinha de Rufino

O empresário Dannilo Godoy (PSDB), um dos acusados da morte de "Morceguinho" , que chegou a ter a prisão preventiva decretada pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), lidera as pesquisas de intenção de voto no município.

Rufino Gomes Araújo Neto, 27 anos foi executado com 3 tiros na noite de 25/01/2011. O crime aconteceu em João Pessoa/PB

Quase três meses de investigação, mais de dez pessoas interrogadas e a polícia concluiu o inquérito policial indiciando os três jovens acusados de assassinar o lutador de jiu-jitsu Rufino Gomes de Araújo Neto, conhecido como Morceguinho. O trabalho foi coordenado pelo delegado Isaías Gualberto, titular da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa, que afirma que o fisioterapeuta e empresário Danilo Calvacanti Vieira, mais conhecido por Danilo Godoy, o estudante de Medicina Veterinária Eduardo Cavalcanti Ramos de Carvalho e o estudante de Medicina Jocelino Ramos de Carvalho participaram efetivamente da execução de Morceguinho.  

Três acusados foram denunciados pelo Ministério Público. Entre eles, o empresário Danilo Goidoy, que teve até foto exposta em cartazes como “Procurado”. Menos de dois anos depois, quem poderia imaginar que o próprio Godoy estaria fazendo questão de divulgar sua próprio foto? Mas está sim. Foto e número. Ele é candidato a prefeito em Bom Conselho, agreste pernambucano, pelo PSDB. E lidera as pesquisas, prometendo melhorar a vida dos habitantes da cidade.

Impunidade e Vergonha Nacional 

Nas eleições de 2012, Danilo Godoy, acusado do assassinato de Rufino Gomes de Araújo Neto, foi eleito prefeito com 48,05% dos votos válidos. Ele obteve 11 mil e 17 votos. Com 27 anos de idade, Danilo é o mais jovem prefeito eleito de Bom Conselho em toda a história política do município. 



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Cicero em 08/09/2012 23:45
Mais na cara de homem de bem não si bate.


Carol Rebouças em 18/02/2011 22:32
Mais uma familia é vitima da doença humana, que tira a vida de um pai de familia covardemente pelas costas. Isso precisa acabar. Estudante de medicina que seria pra salvar vidas...tira de forma inconsequente, trazendo dor pra essa familia. Que Deus coloque a sua mão no coração dessa familia para acalentar os vossos corações. Karine aqui deixo os meus sinceros sentimentos. Como queria que isso fosse mentira e que vc n estivesse sofrendo como está agora.


Michelle Alencar (cidadã Paraibana, Residente Em Jp, Esposa De Um Também Professor De Jj, Filha, Mãe em 17/02/2011 17:24
A revolta não pode deixar de existir entre os cidadãos de bens em João Pessoa e no Brasil em geral, até o dia em que haja uma lei atuante e severa para seres inescrupulosos, sem alma e sem coração e muito menos ainda, sem Deus... Estamos fartos de tanta violência e terrorismo impunes... Não podemos deixar que isso continue... Pessoas do bem estão morrendo, sofrendo e chorando neste exato momento, porque nossas autoridades priorizam leis que beneficiam bandidos de várias classes sociais!! VAMOS DIZER BASTA! VAMOS DIZER QUE QUEREMOS PAZ!!


Karine Garcia em 07/02/2011 08:22
Obrigada a todos pela divulgação e força que vem nos dando, só tenho a agradecer de coração! Minha essencia se foi, mais seus ensinamentos ficaram marcadso para toda vida. Amo-te incondicionalmente! Sua Esposa, Karine Garcia


Célia E Elson em 03/02/2011 21:27
Mais uma familia na DOR,vítima da violeência em João Pessoa-Pb Estamos solidários aos pais,familiares e amigos Rufino Gomes. A Paraiba nega a IMPUNIDADE. Pais de Elton


Yuri Mamede em 03/02/2011 21:07
Rufino era uma pessoa de Caráter, com uma índole exemplar, um professor e amigo que me faltam adjetivos para expressar a pessoa q ele era!. Era uma pessoa que corria em busca dos seus ideais e AMAVA o que fazia, e fazia com muita perfeição! Um pai EXEMPLAR, um filho mais exemplar ainda! Amava sua familia ! Se ele deixou algo para muita gente aqui nesse mundo de pessoas egocentricas, superficias e desacreditadas com a vida , foi sua humildade e sua gana para querer ser o melhor que pudesse para esse mundo ! Ctza Deus te abençoou , vc virou uma lenda! e muita gente hj se espelha em vc! a morte é inevitavel, mais a historia que vc escreveu para todos nos sera eterna! Osss!

Pablo Gomes Matielli Luiz Paulo Viola Felipe Ramos de Paiva Pedro Branco Couto Rodrigues Rose Inês Moreira André Luis Gusmão de Almeida Victor Emanuel Muanis Leonardo Zanotti Cavalcante Diego Gonçalves Carvalho  Ricardo Prudente de Aquino Thiago do Nascimento Braz Natália Marina De Carli Millena Freitas dos Santos José Roberto Ornelas de Lemos Rodrigo da Silva Netto Everson Arizoli Peixoto Maycon Peterson Rodrigues Pantoja Samira Pires Ribeiro Yago Batista de Souza Simone Maria Otaviano de Souza Juliana Costa
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS