Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Kelly dos Santos Benincaza (Bala Perdida)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 01/02/2009

Localização: Rio de Janeiro (RJ)

Data de Nascimento: 03/04/1991 (17 anos)

Data de Falecimento: 08/02/2009

Sexo: Feminino Feminino
 

Kelly dos Santos Benincaza, estudante , 17 anos levou um tiro nas costas durante um ataque de traficantes com metralhadoras a um ônibus com 50 pessoas no interior, no Rio de Janeiro, em 01 de fevereiro de 2009.

Kelly dos Santos Benincaza voltava para casa após participar com as colegas da escola da Ação Global de 2009 no Rio de Janeiro, no Piscinão de Ramos.

O projeto é uma parceria do Sesi-Rio de Janeiro e da Rede Globo e presta, em um único dia, serviços gratuitos na áreas de educação, saúde, lazer e cidadania à população. Os organizadores do projeto tinham uma expectativa de atender 25 mil pessoas ao longo do dia. Mesmo esperando esse número grande de pessoas que viriam de toda a parte do Rio de Janeiro, não se preocuparam com o retorno das pessoas. Não havia ônibus suficiente para garantir o retorno dos participantes, nem segurança ao redor, não havia policiamento.

Após duas horas de espera, Kelly conseguiu pegar um ônibus cheio que não a levaria até a sua casa, pretendia no ponto, deste ônibus final, pegar um Táxi até a sua casa. Ao parar para descer passageiro, no ponto de ônibus da favela Para Pedro, traficantes metralham o ônibus com 50 pessoas entre eles adolescentes e familiares que voltavam para casa. 3 pessoas foram atingidas, duas morreram, Kelly com 17 anos e João Cleber Santos de Souza de 21 anos. Kelly ficou internada no Hospital Getúlio Vargas  uma semana , levou dois tiros, um nas nádegas que atravessou e alojou-se na coluna vertebral e outra  nas costas, corria o risco de ficar tetraplégica.

Através do disque-denuncia o traficante Adriano Pinto da Silva "Cara Funda" foi preso com a metralhadora. Continua preso, não pelo ataque no ônibus e morte de duas pessoas, mas por ser reincidente. Roubo qualificado pela morte e sequestro da vítima.


Balas Perdidas...quando isso vai ter fim?

O cantor, Leandro Sapucahy, expressou nessa linda música " Bala Perdida" toda a realidade da dor de uma família que perde o seu ente querido, vítima de bala perdida...

 
"Pra nunca mais ver na TV outra mamãe chorar, sofrer...enxugue as lágrimas que rolam em pranto...Deus que cubra a todos com Sagrado Manto!"
 
Abaixo-assinado Movimento O Rio Pede Paz e Gabriela Sou da Paz juntos pelas Famílias Vítimas de Balas Perdidas
 
Por favor Assine e Divulgue a Petição Pública
 

Kelly dos Santos Benincaza, estudante , 17 anos levou um tiro nas costas durante um ataque de traficantes com metralhadoras a um ônibus com 50 pessoas no interior, no Rio de Janeiro, em 01 de fevereiro de 2009.

Através do disque-denuncia o traficante Adriano Pinto da Silva "Cara Funda" foi preso com a metralhadora. Continua preso, não pelo ataque no ônibus e morte de duas pessoas, mas por ser reincidente. Roubo qualificado pela morte e sequestro da vítima.



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Luciana Gonçalves de Novaes Eduardo da Silva Oliveira Diogo Lourenço da Silva Ana Beatriz Barreto Hélio Barreira Ribeiro Nicholas Marins Prado Kaio César Alves Muniz Ribeiro Púbio Theodoro de Sousa Stephanie dos Santos Teixeira Nísio Gomes Ilda Vitor Maciel Caren Cristina dos Santos Barbosa França Kamille Karoline da Cunha Pauxis de Souza Elton de Oliveira Nascimento Arcanjo Antonino Lopes do Nascimento Marilize Kraemer Picolo Janinha Pereira de Freitas Eduardo Jesus Ferreira Michelle Chaffin Cubeiro Marcela da Silva Xavier Igor Moraes da Silva
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS