Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Wagner Marques dos Santos (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 06/12/1996

Localização: São Paulo (SP)

Data de Nascimento: 19/08/1981 (15 anos)

Data de Falecimento: 06/12/1996

Sexo: Masculino Masculino
 

Por Valquíria Marques dos Santos, mãe de Wagner Marques dos Santos

Meu filho, Wagner Marques dos Santos de 15 anos,  foi assassinado por policiais militares em 06/12/1996. Estes mesmo policiais já tinham batido em um dos amigos de meu filho prometendo voltar à noite para matá-lo.

Wagner estava em casa e não sabia o que tinha acontecido, quando os Policiais chegaram já atirando.

Ele caiu e foi atingido no pulso esquerdo ao aparar o rosto, e tomou um tiro de espingarda calibre 12. Wagner foi socorrido pelos amigos mas não resistiu. Os Policiais fugiram, mas testemunhas oculares foram minhas testemunhas.

Meu filho Wagner tinha apenas 15 anos, nada devia, era bom, amigo companheiro, educado, apenas não gostava muito de estudar.

Os garotos tinham acabado de jogar bola e conversavam com amigas e a maioria moravam na favela, meu filho era amigo de escola de todos, e este nada devia. Wagner e os amigos eram todos bons meninos , eles mesmos são as testemunhas e foram muito ameaçados, mas ajudei para que não fossem mortos, mesmo assim ainda pegaram alguns.

Foi uma tortura saber que meu menino estava com os braços e corpo todo quebrado.

No dia 4/12/96 estes pms foram filmados pela TV Cidade Alerta fazendo prisões de traficantes e sabiam que foram vistos e reconhecidos pelo envolvimento que tinham com os traficantes e voltaram a tarde , deram uma surra em um dos garotos  prometendo que a noite voltariam para mata-lo..e voltaram.chegaram atirando nos garotos junto a favela beira rio, quando conversavam após um jogo de futebol em uma quadra próxima.

Outro garoto foi atingido primeiro, mas se salvou fugindo de outros pms que seguiram atirando. Outros correram para suas casas ali na favela.

Wagner sem saber pra onde ir, pois não morava ali, acabou tropeçando e caindo no momento em que o 2º sargento Silvio Rodrigues Vieira o atingiu com uma espingarda de calibre 12 em seu pulso quado Wagner amparava o rosto caido ao chão e mais um tiro de outro pm atingindo seu pescoço.
Ali deixaram meu filho Wagner sofrendo e socorrido pelos colegas que voltaram para leva-lo ao ps do jabaquara, e os valentes pms fugiram.

Lutei muito com a ajuda dos Direitos Humanos, OEA do Reino Unido, Ongs. Fui aos Jornais, TVs, rádios, recuperei a fita onde registrava os policiais se envolvendo com traficantes. Fui muito ameaçada, mas lutei. Lutei para que eles fossem à Júri Popular e consegui. Depois de 14 anos.

O julgamento que aconteceria em 23/09/2010, por estratégias de advogados, foi transferido para os dias 14 e 15 /03/2011 e foi realizado no 1º Tribunal do Juri da Barra Funda, em São Paulo, SP plenário 07 às 12:30h.

Valquiria Marques Azevedo dos Santos, mãe de Wagner Marques dos Santos

Processo 05200.285/97

Em julho de 2011, 15 anos depois, três policiais acusados de matar Wagner foram a julgamento. Amedrontadas, as pessoas que testemunharam a ação não apareceram. Os PMs foram absolvidos, mas Valquíria recorreu da decisão. “A gente não se sente amparada por esse Estado, para quem eu pago imposto, que matou meu menino”, afirma a mãe.
 
Por Sandra Domingues, com informações do G1

A aposentada Valquíria Marques dos Santos, que teve o filho de 15 anos assassinado por um PM: 'Os policiais que levaram meu menino continuam na ativa' (Foto: Raphael Prado/G1)

Valquíria mostra o Código Penal e a Constituição:  ela passou a estudar a legislação na tentativa de condenar o assassino do filho

(Foto: Raphael Prado/G1

Wagner Marques dos Santos, 15 anos,  foi assassinado por policiais militares no dia 06/12/1996, em São Paulo.

O julgamento dos acusados pela morte do jovem Wagner Marques dos Santos de apenas 15 anos, que aconteceria em 23/09/2010, por estratégias de advogados, foi transferido para os dias 14 e 15 /03/2011 e foi realizado no 1º Tribunal do JÚri da Barra Funda, em São Paulo, SP plenário 07 às 12:30h.

Processo 05200.285/97

Em julho de 2011, 15 anos depois, três policiais acusados de matar Wagner foram a julgamento. Amedrontadas, as pessoas que testemunharam a ação não apareceram. Os PMs foram absolvidos, mas Valquíria recorreu da decisão. “A gente não se sente amparada por esse Estado, para quem eu pago imposto, que matou meu menino”, afirma a mãe.

Por Sandra Domingues, com informações do G1



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Valquiria Marques em 02/09/2012 14:48
Para saber da história do Wagner, entre na pagina Homenagem a Wagner Marques , uma vida e sonhos interrompidos pela maldade de PMs bandidos


Valquiria Marques Azevedo Dos Santos em 14/03/2012 09:37
A história completa de tudo que aconteceu com meu filho e minha luta constante ainda em busca de justiça. No facebook Homenagem a Wagner Marques


Lidia em 11/11/2011 23:43
Deus esta contigo em todo momento ele te dará forças ate o fim para q a senhora consiga por esses assassinos atras das grades

Carlos Antonio de Paula Luiz Fernando Silva Santos Amanda Rossi Polyanna Arruda Borges Leopoldino Nirvana Evangelista da Cruz Mariana Almeida Andrade Padre Wagner Rodolfo da Silva Karine Lorraine Chagas de Oliveira Bruna Baltresca Carlos Alberto Silva de Souza Josely Laurentina de Oliveira Fernando Eidi Yoshida Willian Ferreira Vital Mercia Mikie Nakashima  Denise Quioca  Pedro Lucas Barreto da Conceição Breno Luigi Silvestrini de Araújo Maria Lucineide Barros Leonel Antônio de Pádua Guerra Ramalho Diogo Lourenço da Silva Márcio Gustavo de Camargo
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS