Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Marcos Adriano Albuquerque (Latrocínio)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 24/12/2009

Localização: Rio de Janeiro (RJ)

Data de Nascimento: 09/02/1970 (39 anos)

Data de Falecimento: 24/12/2009

Sexo: Masculino Masculino
 

Faixa-preta de Jiu-Jitsu de Joe Moreira, Marcos Adriano Albuquerque, conhecido como Marco Jara, foi mais uma vítima da violência, que dessa vez não poupou vítimas nem na véspera de natal. O treinador foi assassinado no dia 24/12/2009. Já o companheiro de Marco Jara, o americano Brent Garret, foi baleado mas sobreviveu.

O treinador e o americano que haviam chegado recentemente dos Estados Unidos. Ambos seguiam para Paraty, no Sul Fluminense do Rio de Janeiro, onde festejariam o Natal, quando pararam na Estrada da Pedra, próximo do conjunto Cesarão, em Santa Cruz, para pedir informações. Neste momento, foram abordados por dois homens armados. Segundo a polícia, Garret foi baleado ao tentar reagir, e jogado para fora do carro, enquanto os suspeitos fugiram no Land Rover com Marco Jara.

O treinador foi encontrado horas mais tarde, morto, dentro do carro, num acesso da Favela do Sapo, em Senador Camará, na Zona Oeste.

Policiais da 36ª DP (Santa Cruz) prenderam um menor de 17 anos, dentro de um ônibus, na saída da Favela do Aço, na Zona Oeste do Rio, que confessou o crime. Segundo o delegado José de Moraes Ferreira, através de investigações os policiais chegaram ao menor, que admitiu estar acompanhado de outro adolescente no dia do crime. Houve outro suspeito preso anteriormente, mas tratava-se apenas de um interceptador que estava com objetos roubados das vítimas.   

O menor foi encaminhado à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), no Centro do Rio, e apresentado à promotoria da 2ª Vara da Infância e da Juventude.

Por Sandra Domingues, com informações do O Globo e G1

Faixa-preta de Jiu-Jitsu de Joe Moreira, Marcos Adriano Albuquerque, conhecido como Marco Jara, foi mais uma vítima da violência, que dessa vez não poupou vítimas nem na véspera de natal. O treinador foi assassinado no dia 24/12/2009. Já o companheiro de Marco Jara, o americano Brent Garret, foi baleado mas sobreviveu.

Policiais da 36ª DP (Santa Cruz) prenderam um menor de 17 anos, dentro de um ônibus, na saída da Favela do Aço, na Zona Oeste do Rio, que confessou o crime cometido contra o treinador conhecido como Marco Jara.

Segundo o delegado José de Moraes Ferreira, através de investigações os policiais chegaram ao menor, que admitiu estar acompanhado de outro adolescente no dia do crime. Houve outro suspeito preso anteriormente, mas tratava-se apenas de um interceptador que estava com objetos roubados das vítimas.   

O menor foi encaminhado à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), no Centro do Rio, e apresentado à promotoria da 2ª Vara da Infância e da Juventude.

Por Sandra Domingues, com informações do O Globo e G1



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Cléber Cley Pinto Marques Fonseca Filho  Maria Cleuza da Silva Moutinho Patrícia Gonçalves Marinho Itaize Santos Da Silva Paulo Alexandre Gomes Alini Gama de Oliveira Patrícia Amieiro Branco de Franco Adelson Loiola da Silva Leonardo de Mello Silva Bruno Ernesto R. Morais Felipe Leite Castilho Kauê Abreu dos Santos Erica Almeida Marques Milena Bittencourt Pontes Luiza Paula da Silveira Machado Raimundo Correia Menezes Neto Matthwes Eric Jones Thiago Augusto Silva Baggio Lilian de Assis Obalski Miguel Cestari Ricci dos Santos Fabian Ernesto Rubilar
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS