Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Jéssica Picolo (Estupro)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 17/01/2009

Localização: São José dos Pinhais (PR)

Data de Falecimento: 17/01/2009

Sexo: Feminino Feminino
 

Jéssica Picolo, 13 anos, foi seqüestrada e morta por assaltantes que roubaram o pesque-pague onde ela estava com a mãe, que também foi assassinada ao reagir ao assalto, em 17/01/2009, em São José dos Pinhais-PR.

Por volta das 21h, no “pesque e pague” da família Picolo entraram dois assaltantes para roubar o estabelecimento e residência da família, rendendo Jéssica Picolo, 13 anos, e sua mãe, Marilize Kraemer Picolo, assassinada no local do crime com um golpe de faca no pescoço, enquanto a filha foi levada a um matagal próximo onde foi violentada e estrangulada.

No horário do crime Idelino Picolo, o pai de Jéssica Picolo, vai diariamente até um ponto de ônibus buscar a filha mais velha que trabalha em Curitiba. Ele ficou ausente por cerca de 20 minutos.

Dois homens, um adolescente de 17 anos e um adulto de 36 anos, foram reconhecidos e identificados após terem sido vistos com a menina horas depois do roubo. O adulto foi preso. O menor ficará detido em um educandário, de acordo com medida socioeducativa expedida pela Justiça nesta tarde. O adolescente, segundo a polícia, confessou que a menina teria sido levada para um matagal, mas acusou o comparsa de tê-la assassinado. O maior de idade, por sua vez, nega as acusações.

Segundo Idelino Picolo, pai de Jéssica Picolo, o adolescente era presença constante em seu pesque-pague. “Ele dizia que iria namorar minha filha. Eu, é claro, dizia que não. Ora, essa, uma menina de 13 anos namorando”, disse Idelino. Segundo ele, a menina reclamava, desabafando que "não aguentava mais" o cliente.

No dia do crime, a dupla teria ido ao pesque-pague. A principal hipótese da motivação dos assassinatos é que as duas vítimas tenham reconhecido o criminoso.

De acordo com o adolescente, seu comparsa entrou na casa portando uma faca e tentou render Marilizia, que reagiu. O homem deu uma facada no pescoço da vítima, que morreu na hora. Em seguida, Jéssica Picolo foi rendida e obrigada a levar os dois até o bar do pesque-pague. Quando eles abriram o caixa roubaram a quantia de R$ 60. "O adolescente disse que achavam que iam encontrar cerca de R$ 5 mil reais", esclareceu o delegado. O acusado afirmou que depois do assalto levaram a menina até o local em que estavam trabalhando, a 2 km do pesque-pague e a mataram com medo de represália, já que a menina conhecia os dois.

Segundo a perita do Instituto de Criminalística Clélia Fila Hamera, o corpo de Jéssica Picolo apresenta sete perfurações possivelmente provocadas por arma branca e sinais de estrangulamento. As roupas da vítima foram encontradas do avesso, o que indica, de acordo com a perita, abuso sexual.

O garoto acusado de cometer o crime foi reconhecido por uma testemunha. Ele e o outro homem foram encontrados no local em que estavam trabalhando por volta das 11 horas de domingo. O menino foi encaminhado para o Ministério Público que irá mandá-lo para o Serviço de Atendimento Social. Já o homem de 36 anos está detido em São José dos Pinhais e será encaminhado para o Centro de Triagem de Piraquara. Eles irão responder pelo crime de latrocínio.

Por Sandra Domingues, com informações do Gazeta do Povo, Paraná Online e Jornal de Maringá

Jéssica Picolo, 13 anos, foi seqüestrada e morta por assaltantes que roubaram o pesque-pague onde ela estava com a mãe, que também foi assassinada ao reagir ao assalto, em 17/01/2009, em São José dos Pinhais-PR

Por volta das 21h, no “pesque e pague” da família Picolo entraram dois assaltantes para roubar o estabelecimento e residência da família, rendendo Jéssica Picolo, 13 anos, e sua mãe, Marilize Kraemer Picolo, assassinada no local do crime com um golpe de faca no pescoço, enquanto a filha foi levada a um matagal próximo onde foi violentada e estrangulada.

O garoto acusado de cometer o crime foi reconhecido por uma testemunha. Ele e o outro homem foram encontrados no local em que estavam trabalhando por volta das 11 horas de domingo. O menino foi encaminhado para o Ministério Público que irá mandá-lo para o Serviço de Atendimento Social. Já o homem de 36 anos está detido em São José dos Pinhais e será encaminhado para o Centro de Triagem de Piraquara. Eles irão responder pelo crime de latrocínio.

Por Sandra Domingues, com informações do Gazeta do Povo, Paraná Online e Jornal de Maringá



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)






Marcelo em 15/10/2016 11:10
Existem situações em que as feias levam vantagem. Se fosse feia, não seria cobiçada e paquerada inconvenientemente pelo criminoso. As bonitas são cobiçada por muitos homens que não prestam e por isso elas devem ser muito mais seletivas, segundo critérios adequados. Mas, como ter critérios adequados? Talvez, uma boa formação familiar e nível educacional.


Mario em 20/05/2013 17:06
eu venho atraves dessa mensagem dizer que tenho procurado atraves da literatura relatar caso como esse da gabriela, porem eu preciso de informaçoes que me leve aos nomes dos responsaveis por tal brutalidade, eu gostaria de poder fazer justiça, porem preciso dados que voces tem, como nome dos responsaveis e se estao presos ou nao ai eu vou poder me aproximar e ouvir a versao de cada um, eu acredito que o advogado de defesa do caso gabriela podeira me ajudar com isso, porem preciso de autorizaçao do pai dela, eu sou de sc, perto do litoral e facil eu ir ate sao jose, porem preciso dados.


Mario em 08/05/2013 15:58
infelizmente nesse pais enquanto a lei nao for mais dura, sempre teremos casos tipicos a esse, onde a idade de 17 anos voce tem a responsabilidade de pagar pelos seus atos, eu venho acompanhado o caso de jessica, eu gostaria de fazer mais, hoje eu gostaria de saber se o homem que tinha 36 anos na epoca, esta preso em piraquera era importante saber e nome dele completo, o rapaz que na epoca tinha 17 anos considerado menor na epoca, mais para matar nao era, para cometer a atrocidade realizada ele era menor, eu estou escrevendo um livro sobre impunidade nesse pais e estou esbarrando na burrocracia, pois nao tenho informaçoes sore o caso que segue em sigilo, inclusive penso ir em sao jose dos pinhais para poder falar com a familia, eu acredito que a justiça divina nao demora para ser feita, pois a biblia e bem clara, abençoado aqueles que tem sede de justiça, pois serao saciados.


Eloise Tozo em 03/12/2010 23:51
eh tão triste ve essa noticia sabendo quem foi a Jéssica, ela era minha melhor amiga, irmã.. de pensa que eu poderia ter mudado essa historia, pois eu convidei ela pra dormir na minha casa bem nesse dia, so que eu tive um imprevisto e não tive que dizer que ela nao poderia vir.. hoje o que eu faço é pedir a Deus que guarde bem a minha melhor amiga, que ela esteja num lugar bom, que ela seja feliz aonde que que ela esteja... rezo por ela todas as noites nao só por ela, mais por todas as pessoas que sofrem, com isso, e rezo também que tenha paz no mundo, e que um dia possamos viver felizes na eterna gloria do pai

Fabianna de Menezes Olegário Fernandes Chang Tony Fregona Sampang Hermes Tadeu Moraes Gerlane Nascimento de Lima Cely Vidal Maycon Peterson Rodrigues Pantoja Fábio Luiz Carriço Cunha Hugo Leonardo Mendes Lewdo Ricardo Coelho Severino Louise Sayuri Maeda Wanderson Lucio Amaral Mariana Gonçalves de Souza Alana Ezequiel Lukas Wesley Barbosa Márcio Costa Janinha Pereira de Freitas Bruna Giovana De Siqueira Fontoura Clarisse Alves Mesquita Carlos Alberto Silva de Souza Rodolfo Gigante Iannuzzi Cauane Borges da Silva
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS