Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Giorgio Renan Ernlund Metynoski (Assassinato)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 27/05/2002

Localização: Curitiba (PR)

Data de Nascimento: 19/01/1992 (10 anos)

Data de Falecimento: 27/05/2002

Sexo: Masculino Masculino
 

Giorgio Renan Ernlund Metynoski, 10 anos, em 27/05/02, cursava a 5ª série quando tiro de espingarda 16 mm a queima roupa que causou sua morte instantânea. Seu assassino: um adolescente, 14 anos, com distúrbios psicológicos graves que estava sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar por causar vários problemas graves em escolas anteriores.

Foi colocado junto às crianças em sua escola sem que os pais das mesmas fossem alertados sob a periculosidade do adolescente com distúrbios psicológicos graves. Embora o menor tivesse tido problemas graves na escola anterior e, inclusive, um mês antes de matar o Giorgio Renan, o Conselho Tutelar se recusou a tirá-lo da escola. E apesar de todas as evidencias, o menor foi apenas “condenado a se tratar do trauma de ter matado o Giorgio Renan”.

Assim como Cleyde Prado Maia Ribeiro que foi do luto à luta, Elizabeth Metynoski, mãe de Giorgio Renan, também transformou seu luto em luta.

Elizabeth Metynoski, mãe da vítima,  fundou o movimento “Giorgio Renan por Justiça" e por mudanças no código penal, apoiando várias ONGs que lutam pelos mesmos objetivos.

Por Sandra Domingues com informações do site Giorgio Renan por Justiça

 

Giorgio Renan, 10 anos, foi assassinado, por um menor com distúrbios psicológicos, com um tiro de espingarda 16 mm, causando sua morte instantânea, em 27/05/2002.

Elizabeth Metynoski, mãe da vítima,  fundou o movimento “Giorgio Renan por Justiça" e por mudanças no código penal, apoiando várias ONGs que lutam pelos mesmos objetivos.



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





Brunno Zimmermann Kirsch Rodrigo Wanick Miranda Ferreira Ademilson Candido Milena dos Santos Nascimento Gabriella Oliveira Ribeiro Thaís Tokomoto Thayna de Oliveira Marísia von Richthofen Françoise Steffani Silva de Oliveira Púbio Theodoro de Sousa Thiago karpó Felipe da Silva Gomes Renata de Cássia Yoshifusa Igor Galleti Pinto Hávyla Nayara Paulo Roberto Rosal Filho Rodrigo de Andrade Bezerra Michelle Chaffin Cubeiro Eloá Cristina Pimentel da Silva Kerolly Alves Lopes Ana Cristina de Macedo
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS