Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > memorial > perfil.php

Flávio dos Santos Borges (Bala Perdida)



 


Participe Participe cadastrando seu caso de impunidade.

Aviso O Movimento Gabriela Sou da Paz não se responsabiliza pela exatidão e veracidade das informações contribuidas voluntariamente abaixo.


Data do Ocorrido: 20/08/2001

Localização: São Paulo (SP)

Data de Nascimento: 26/05/1981 (20 anos)

Data de Falecimento: 20/08/2001

Sexo: Masculino Masculino
 

Flávio dos Santos Borges, 20 anos, trabalhava no estabelecimento comercial com o pai. Ele sempre foi o braço direito em todas as atividades comerciais, de segunda a sábado, das 8h às 18h e estudava no período noturno, e no domingo gostava de jogar futebol com os amigos onde sempre o pai acompanhava porque o pai também participava da turma.

Em 20/08/2001, por volta das 15 h, o seu sonho, a alegria de viver foi interrompido por uma arma de fogo, onde um indivíduo passava em frente ao estabelecimento, quando os marginais que estavam no carro avistaram-no e começaram atirar .

Ele , o indivíduo , que estava na calçada, correu para dentro do estabelecimento para se proteger , mesmo assim os ocupantes do carro continuaram atirando , onde o individuo levou 09 tiros e o Flávio dos Santos Borges que nada tinha com o caso, uma bala que bateu no azulejo, ricocheteou atingindo a cabeça do Flávio dos Santos Borges.

Quando o pai ouviu os disparos, abraçou o filho e se deitaram no chão para se protegerem, mas infelizmente nada pôde fazer. O pai não conseguiu salvar seu filho que estava nos seus braços.

O indivíduo que se escondeu no estabelecimento estava em liberdade condicional, levou 09 tiros e sobreviveu e os outros, os três assassinos também tinham passagem na polícia , (os seus nomes faziam parte das fichas criminais ).O crime foi acerto de contas pelo tráfico de drogas. A família destruída, mas o pai foi à busca da justiça por seu filho, Flávio dos Santos Borges.

Depois de um ano e três meses, os três assassinos foram presos. Aguardam o julgamento presos.

“Quem perde o pai ou a mãe, perde o passado. Quem perde o marido ou a mulher, perde o presente. Quem perde o filho, perde o futuro. “ (pai)

 

Balas Perdidas...quando isso vai ter fim?

O cantor, Leandro Sapucahy, expressou nessa linda música " Bala Perdida" toda a realidade da dor de uma família que perde o seu ente querido, vítima de bala perdida...

 
"Pra nunca mais ver na TV outra mamãe chorar, sofrer...enxugue as lágrimas que rolam em pranto...Deus que cubra a todos com Sagrado Manto!"
 
Abaixo-assinado Movimento O Rio Pede Paz e Gabriela Sou da Paz juntos pelas Famílias Vítimas de Balas Perdidas
 
Por favor Assine e Divulgue a Petição Pública
 

Flávio dos Santos Borges, 20 anos, trabalhava no estabelecimento comercial com o pai. 

Em 20/08/2001, por volta das 15 h, o seu sonho, a alegria de viver foi interrompido por uma arma de fogo, onde um indivíduo passava em frente ao estabelecimento, quando os marginais que estavam no carro avistaram-no e começaram atirar .

Ele , o indivíduo , que estava na calçada, correu para dentro do estabelecimento para se proteger , mesmo assim os ocupantes do carro continuaram atirando , onde o individuo levou 09 tiros e o Flávio dos Santos Borges que nada tinha com o caso, uma bala que bateu no azulejo, ricocheteou atingindo a cabeça do Flávio dos Santos Borges.

Quando o pai ouviu os disparos, abraçou o filho e se deitaram no chão para se protegerem, mas infelizmente nada pôde fazer. O pai não conseguiu salvar seu filho que estava nos seus braços.

O indivíduo que se escondeu no estabelecimento estava em liberdade condicional, levou 09 tiros e sobreviveu e os outros, os três assassinos também tinham passagem na polícia , (os seus nomes faziam parte das fichas criminais ).O crime foi acerto de contas pelo tráfico de drogas. A família destruída, mas o pai foi à busca da justiça por seu filho, Flávio dos Santos Borges.

Depois de um ano e três meses, os três assassinos foram presos. Aguardam o julgamento presos.

 



Não será publicado.




Desejo Receber Informativos (não enviamos SPAM)





André Penin Santos de Lima Carlos Eduardo Mendes de Jesus Edson Roberto Domingues Daniela Nogueira Oliveira Ana Paula Moreno Germano Thiago Augusto Silva Baggio Rodrigo Macedo Silva Taiane Monteiro de Lima Rodrigo Junior Mendes Décio Soares Priscila Machado Simão Juliana Vania de Oliveira Manoel Vazquez Everson Arizoli Peixoto João Luiz Sá Freire Azevedo Bianca Ribeiro Consoli Edinei Pereira Gomes Carlos Murilo de Almeida José Deilson de Oliveira Ana Carolina Antoniolli  Ricardo Prudente de Aquino
 
Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS