Autor: Carlos Santiago
Gabriela Sou da Paz
Diga não à impunidade
Blog Blog   |   Fale Conosco Fale Conosco   |   Cadastro Cadastro   |   Depoimento Depoimento
 
 
 
Você está em: Inicial > colcha-de-retalhos > index.php

Colcha de Retalhos



Compartilhe |


Colcha de Retalhos
Clique na imagem para ampliá-la.
Os pais de Gabriela Prado Maia (assassinada por bala perdida), a mãe de Priscila Belfort (desaparecida), os pais de André Francavilla Luz (seqüestrado e assassinado), a mãe de Marcos José Aloise (assassinado num assalto), estão se unindo para fazer esta colcha de retalhos para, mais uma vez, chamar a atenção das autoridades, fazer uma homenagem às vítimas da violência de todo o Brasil e tentar mobilizar a sociedade para que outras famílias não sintam esta eterna dor !

Se você sente essa dor de ter um ente querido desaparecido ou que tenha sido vítima fatal ou mutilada pela violência, participe dessa homenagem.

Este desafio foi deflagrado no dia 30/08/2005 na missa realizada pela passagem dos 16 anos de nascimento de Gabriela Prado Maia.

Em 10/10/2005 ocorreu o lançamento oficial deste de desafio em Copacabana.

Para que essa colcha de retalhos fique organizada, é importante que algumas regras sejam respeitadas:
 
  • Tamanho

    - Os retalhos quadrados da fazenda deverão medir 16x16 cm, pois terá 1 cm em toda a volta para bainha. A fazenda deve ser de algodão.
  • Nome

    - O nome do homenageado, as datas de nascimento, falecimento e do acidente, deverão ser bordadas para que fiquem todas iguais. As letras devem ocupar o espaço de 15x15cm, podendo ser escolhido o tipo e cor das letras.
  • Dados

    - Se for vítima fatal, deverá ter o nome completo, data do nascimento e do falecimento, caso contrário só o nome completo e o dia do acidente. Para os casos de seqüestro ou desaparecidos ainda não solucionados, poderão incluir a foto com o nome e dia do desaparecimento, sendo respeitado o tamanho do retalho. Somente vítimas fora do Rio de Janeiro, após o nome deverão colocar a sigla do seu Estado.
  • Cor

    - Cada retalho deverá ter sua cor correspondente ao fato ocorrido.
  •  
    Verde
    Sequestro ou desaparecidos
     
    Preto
    Bala perdida
     
    Vermelho
    Assassinato
     
    Amarelo
    Trânsito
     
    Azul
    Pedofilia, doméstica, estupro, outros.
     
  • Endereço

    - Os retalhos prontos devem ser enviados para o endereço Rua Juparanã 55, apto. 103, CEP: 20510-040, Rio de Janeiro - RJ.
  • Dica

    - Você pode encomentar direto seu retalho no 2° piso do Shopping Tijuca - Quiosque 230 - Telefones: (21) 2284-5544 ou ID 23*36572 e depois de pronto enviar para o nosso endereço.

  •  
    Blogger   Youtube   Facebook   Twitter   RSS